Make your own free website on Tripod.com

MENSAGENS FINAIS

QUEM SOMOS

NISTO CREMOS

ESTUDOS

JUDICIAIS

CARTAS

 A Mensagem do Terceiro Anjo

By Bereanos

 Obediência a grande questão da adoração

“Seguiu-se a estes outro anjo, o terceiro, dizendo, em grande voz: Se alguém adora a besta e a sua imagem e recebe a sua marca na fronte ou sobre a mão, também esse beberá do vinho da cólera de Deus, preparado, sem mistura, do cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro. A fumaça do seu tormento sobe pelos séculos dos séculos, e não têm descanso algum, nem de dia nem de noite, os adoradores da besta e da sua imagem e quem quer que receba a marca do seu nome ”.  Apocalipse 14: 9-11. 

Adoração; Este é o assunto em pauta nos atuais dias e será até nos últimos tempos. Ou nós adoramos e glorificamos O Deus Criador do céu e da terra e de tudo o que neles há, ou adoramos a besta e a sua imagem que no final das contas é a adoração do Dragão, o Diabo. (Apocalipse 12:9; 13:4)

Antes de descobrirmos o que é a marca da besta, nós precisamos saber o que é a besta ou o número da besta – Que, conforme diz o texto bíblico, é número de homem - que é 666. Apocalipse 13: 18.

Observe que à mensagem do terceiro Anjo, está chamado você, para honrar e glorificar O Deus único e verdadeiro, O Deus Altíssimo, nosso Criador. A ordem é para adorar aquele que criou todas as coisas por intermédio de Seu Filho unigênito, Jesus Cristo, (Yeshua) nosso Salvador (Judas v.25) e para abandonar toda e qualquer forma de falsa adoração. Ou seja, toda e qualquer forma de idolatria!

A obediência é a forma mais alta, mais pura e mais verdadeira de adoração!

Deus prediz os acontecimentos seculares até o fim.

    dan2statue.jpg

Deus deu ao Rei Nabucodonosor o sonho de uma grande estátua. (Daniel 2) Daniel pede para Deus que revele o significado do sonho:(Daniel 2:17-18) A estátua simbolizou a linha secular do mundo a partir do Rei Nabucodonosor, o Rei de Babilônia.

Compare Daniel (2) com Daniel (7) e veja o detalhe adicional no verso oito de Daniel (7). Observe que o chifre pequeno ao subir desarraiga três outros chifres. Veja que os quatro animais de Daniel (7), compara-se aos quatro impérios citados acima.

Deus sabe o fim desde o princípio. Ao final Deus será o grande vencedor, e não importa como ruim pode parecer às coisas, muitas vezes. Podemos confiar em Deus, sem sombras de dúvida. Acredite em Sua Palavra!  

 

Império babilônico  (v 38)

Cabeça de Ouro (v 32)

Império Medo - Pérsia (v 39)

Braços e peito de Prata (v 32)

Grécia / Império Macedônio (v 39)

Barriga e coxas de Bronze (v 32)

Império Romano (v 40)

Pernas de Ferro (v 33)

Império Romano dividido em reinos menores. (v 41)

Pés separados em parte ferro e em parte de barro (v 33)

O Reino de Deus estabelecido na terra (v 44, 45).

Pedra atirada sem auxílio de mãos na terra (v 34)

     

     O paralelo profético entre Daniel 7 e Apocalipse 13

 

O Chifre Pequeno de Daniel 7

       A Besta do Mar de Apocalipse 13

· Leão – v 4

·  Leão – v 2

· Urso – v 5

·  Urso – v 2

· Leopardo – v 6

·  Leopardo – v 2

· Animal Terrível e espantoso – v 7

·  Dragão – v 4

· 10 Chifres – v 7

·  10 Chifres – v 1

· Fala com insolência contra o Altíssimo – v 20

·  Falava blasfêmias – v 5

· Reinado (tempo, tempos e metade de um tempo) –v.25

·  Reinado. (42 meses) – v 5

· Mudanças no tempo e na lei – v 25

·  Marca da Besta – v 17

Daniel é a mensagem inicial. O Apocalipse é a revelação da mensagem de Daniel com alguns detalhes extras.

A visão da besta de Apocalipse 13 é a comparação em paralelo com a visão dos quatro animais de Daniel 7. Esta besta tem as características de todos os quatro animais, todas estas características estão visíveis e presentes em um só animal.

Note que a Marca da Besta em Apocalipse 13 é comparada com a “mudança no tempo e na lei", de Daniel 7. Esta revelação nos mostra o que é a natureza da Marca da Besta, e também, que ela está relacionada com o mudar “de tempos e de leis”.

Quem é esta Besta? O poder romano Papal que sucedeu ao poder romano Pagão é o único poder que satisfaz as características de identificação desta profecia. Não há nenhum outro poder na história desta terra que se ajuste tão bem a estas descrições!

E o que é a Marca da Besta colocada em todos e em toda parte?

É A QUESTÃO DA ADORAÇÃO.

Mas, não é só a questão de QUEM nós adoramos, mas COMO nós adoramos.

 

   Na adoração a questão toda é: Quem e como adorar?

 

 ADORAÇÃO

  

A Mensagem do Primeiro Anjo de Apocalipse 14: 6-7, ajuda-nos a definir a verdadeira adoração: QUEM adorar e COMO adorar. Assim como existe uma verdadeira adoração também existe uma falsa adoração – que é a adoração da Besta e da sua imagem.  A Marca da Besta será colocada nesses que adoram a Besta.

No fim das contas, o Dragão, o grande enganador que é Satanás, (Apocalipse12: 9) é adorado por quase todas as pessoas, e ele recebe toda falsa adoração trabalhando por meio de seus agentes  ou agencias humanas – neste caso, a Besta, que é a sua imagem! (Apocalipse 13: 4)

Se você conhece a QUEM você adora, mas não sabe COMO você deve adorar, você não é, nem sequer, um adorador de nosso Criador, ainda que você pense que você é.

A QUEM adorar e COMO adorar; ambos precisam estar devidamente corretos, em caso contrário, será FALSA A ADORAÇÃO.

VERDADEIRA ADORAÇÃO terá o QUEM e o COMO, ambos completamente corretos.

Adore a Deus, nosso Criador Que fez céu e a terra e tudo o que neles há, adore em espírito e em verdade!

 

De onde o número 666 veio? Qual é a sua origem?

A palavra de Deus nos dá a direção para responder a estas perguntas como veremos mais adiante e isto tem haver com adoração. Com falsa adoração.

Os pagãos adoraram o sol. Na Bíblia eles o denominavam de Baal, (BAAL [Dono; Senhor; Marido] O principal deus da fertilidade em Canaã. O culto a Baal foi uma das piores tentações dos israelitas, desde os tempos antigos (#Jz 2.13; 1Rs 16.31-32; II Reis 23:5 e 11; Ezequiel 8:16). Havia várias formas de Baal, que eram encontradas em diversas cidades, como se pode ver nos três verbetes seguintes. "Baalins" é o plural de "Baal" (#Jz 2.11). Sua companheira era Aserá (v. POSTE-IDOLO).) Fonte: 10578 DBA - Dicionário Bíblico Almeida.

Por isso, a palavra DOMINGO é considerada como significando o dia do senhor, (Senhor = Baal). Dia em que o sol era venerado (SAN = SOL & DAY = DIA; dia do sol ou dia do senhor; baal).  É realmente adoração ao Sol. Os pagãos adoravam e veneravam o Sol, no primeiro dia da semana, como sendo o dia do Senhor, na verdade o dia de baal.

“Os anciões, os lideres e sacerdotes pagãos, reivindicaram o conhecimento em aquele deus, bem como favores ou benefícios através de trabalhos matemáticos. A religião deles era uma mistura de religião, astrologia, alquimia, ciência física e mental, e matemática. A astrologia antiga dividiu os céus estrelados em 36 constelações. Estas foram representadas através de amuletos diferentes chamados ‘Sigilla Solis’, ou o selo do sol. Estes amuletos eram usados pelos padres ou sacerdotes pagãos e continham números, que ia do número 1 ao 36. Por estas figuras eles acreditavam e se diziam capazes de poder predizer eventos futuros. Normalmente estes amuletos eram feitos de ouro, ou de cor amarelo que é a cor do sol. Estes amuletos eram embrulhados em seda amarela para serem levados por aqueles que os manuseavam ou deles se utilizavam, pensando eles e acreditando, que o portador daquela jóia ou objeto, receberia os poderes benéficos que dela emanaria. Era assim a imaginação deles”.

- Unfolding Revelation pp125-127 (Descobertas em Apocalipse pág. 125-127)

Deuses Egípcios do Sol

egyptiansun.gif

Slide 4 -7: Deidades Egípcias
New International Encyclopedia. NY: Dodd, 1917. Volume 7, p. 529

O número (3) três tornou-se o número mais universal de deidades. Eram três os deuses primários na Babilônia. Anu; Bel; e Ea; Estes representavam o céu, a terra e o abismo.

A Adoração ao sol é uma das formas mais primitivas da religião, e o homem o adorava bem cedo, ao subir do sol, ao meio-dia, e no pôr-do-sol. Os egípcios, por exemplo, dividiram o deus sol em três deidades:

Hórus, 

sol   nascente,

Ra ou Rê,  

sol do meio-dia,

Osiris,   

pôr-do-sol, passado.

As Três Fases do Sol

Os pagãos acreditavam nas três fases do Sol, como três evidentes manifestações da Deidade suprema, nos deuses egípcios do sol.

Primeira Fase - O Amanhecer

Segunda Fase - O seu Zênite (meio-dia alto; o seu auge ou apogeu).

Terceira Fase - O pôr-do-sol (quando a deidade do Sol entra no mundo Inferior)

 threephases.jpg

Tradução: As Três Fases do deus Sol

(Este símbolo é comumente chamado ou conhecido como Tríquetra)


Este símbolo (o Tríquetra e outras variantes como o Triskela) representou durante a história, as três fases do Sol e outros grupos de três, como terra, vento e fogo.

Contando os Números

1 + 2 + 3 = 6
1 x 2 x 3 = 6
13 + 23 + 33 = 36
6 x 6 = 36

Havia algo sobre as três fases do deus-Sol que acalentava e alimentava a fantasia dos pagãos. O número três era um número místico ou mágico para eles. 

Provenientes do deus sol que é a deidade suprema deles, eles tiveram 36 deuses. Isso tudo, como resultado das três fases do Sol.

O primeiro dia da semana foi chamado Dies Solis ou Dia do Sol; (Domingo é a palavra usada para denominar o primeiro dia do calendário semanal, ela tem sua origem no paganismo como se pode observar. Exemplo: Sanday, palavra inglesa para denominar o primeiro dia da semana é uma palavra composta. É a junção de duas palavras inglesas. SAN = SOL + DAY = DIA. Ou seja, o mesmo que, dia do sol) Dia em que os pagãos adoravam o Sol. Em vários outros idiomas, esta palavra possui o mesmo significado.

AMULETOS UTILIZADOS PELOS PAGÃOS COMO PROTEÇÃO CONTRA O MAL

  threephases.jpg

 

threephases.jpg

Os pagãos acreditavam que estes amuletos lhes dariam proteção contra o mal, pois eles possuíam o número do deus sol (666 )

Observe na figura abaixo, a disposição dos números impressos nestes amuletos de forma que, multiplicando-se o número de colunas verticais pelas colunas horizontais (6 x 6) o resultado final sempre será 36. E somando-se os números em cada grade das linhas ou das colunas, seja em qualquer posição o resultado final será sempre 111, o que multiplicado por 6, é igual a 666. Veja o Exemplo: Somando-se os números da primeira coluna horizontalmente do quadro 1 mostrado abaixo. 6 + 32 + 3 + 34 + 35 + 1 = 111.

  Tradução: Quadro ou Grade 1      Tradução: Quadro ou Grade 2
Uma das formas como se dispõe os números nos amuletos     Outra forma similar de como os números são dispostos neste amuletos 

Outro exemplo: Somando-se os números da primeira coluna vertical apresentada no quadro 2, visto na figura acima. 

1 + 30 + 20 + 19 + 10 +31 = 111. 

O resultado final da soma dos números de qualquer uma das linhas ou colunas multiplicadas pelo número seis será sempre igual a 666, o número do deus sol. Exemplo: 111 x 6 = 666.

Assim cada coluna ou fila (6 x 6 da grade) contendo todos os números de 1 a 36 somados, têm como resultado final, o número 111.

111 x 6 = 666 – Número que representa o deus sol.

A Mística do número 666

Somando os Números

1 + 2 + 3 = 6
1 x 2 x 3 = 6
13 + 23 + 33 = 36
6 x 6 = 36


Tradução: QUADRO 1

Uma das formas como se dispõem os números nos amuletos

Tradução: QUADRO 2

Outra forma similar de como os números são dispostos nestes amuletos.

 

A soma de todos os números de 1 a 36 é:  666.

1 + 2 + 3 + 4 + 5 + 6 + 7 + 8 + 9 + 10 + 11 + 12 + 13 + 14 + 15 + 16 + 17 + 18 + 19 + 20 + 21 + 22 + 23 + 24 + 25 + 26 + 27 + 28 + 29 + 30 + 31 + 32 + 33 + 34 + 35 + 36 = 666

  Os Pagãos somaram deste modo os números, para propor o número 666 como o número que representaria o deus sol que eles adoravam como a deidade suprema de todos os corpos celestiais.

AMULETOS REPRESENTATIVOS DAS DIVINDADES PAGÃS DO DEUS SOL

amulet1.jpg

 

amulet2.jpg

Eventualmente, a grade de números (de 1 - 36) serviu de modelo ao símbolo que usa os três círculos cruzando ou entrelaçados, como nos mostram as figuras abaixo.

amulet3.jpg

Tradução

PAGAN NECKLACES

Colares Pagãos

Do lado direito da figura acima, você vê uma ampliação do Símbolo chamado de Tríquetra.

PNN 1;      PNN 2;     PNN 3

Pingente 1Pingente 2Pingente 3

Este símbolo também é utilizado para representar o deus denominado a trindade

  

intersecting.jpg

Tradução

Intercessão da Área dos Três Círculos

Qualquer figura ou símbolo derivados dos três círculos, também simboliza o deus sol.

A CAPA DO LIVRO ABAIXO, FALA SOBRE FEITIÇARIA E BRUXARIAS.

thecraftlrg.jpg

 

Tradução:

Éticas Wiccan Incluindo Rituais e Feitiços

A Arte

O livro das Sombras de uma bruxa

 

Qualquer Cristão que professa acreditar em Jesus Cristo não deve nem sequer brincar com a feitiçaria. Isto é uma abominação aos olhos de Deus.

(Note o pequeno símbolo na capa do livro acima – Veja a área cruzada ou entrelaçada das três fases do sol)

  bookofshadowsjpgsm.jpg

Tradução

O companheiro encantado não oficial 

O Livro das Sombras

A imagem acima é a capa de um livro chamado de: O ‘Livro das Sombras’. É um livro que contém instruções ensinando como fazer feitiços e encantamentos. Este livro é usado em feitiçarias e é o livro que deu origem as séries americanas de TV “O Companheiro” e “O Encantado”.

ALGUNS SIGNIFICADOS DO TRIQUETRA

  bostriquetra.jpg

Dentro do "Livro das Sombras", há uma descrição de uma variante do símbolo e significado do triskela (ou triquetra). 

Veja a Tradução

O triskela que adorna a capa do livro das sombras de walliwells... é um símbolo de muitas entidades triúnas e de filosofias trinitarianas.  

Deste modo Wicca identifica algo como as três partes da magia.  

...cronometrando e sentindo, as três fases da lua. Wicca acrescenta outras associações a este símbolo, como, os trigêmeos, a moça, a mãe, e a velha; as filhas de celtic; Bamba, Eriu, e Fodla; e até mesmo a Suprema Divindade do cristianismo, o Pai, o Filho, e o Espírito Santo. A trindade esta inserida dentro deste círculo contendo este símbolo como representação, algo que propaga a reencarnação e decididamente é uma convicção firme entre muitas bruxas tradicionais, sobressaindo entre elas os Wiccas

A figura abaixo é a capa do livro que deu origem a série de TV americana 'Encantado'

  powerofthreesm.jpg

Tradução

ENCANTADO

O Poder de Três

'O Poder de Três' – É um dos episódios da série de TV o 'Encantado'.  Agora em um livro de capa mole. Supõe-se que estas três irmãs são 'boas' bruxas, nesta nova série da TV.

Tradução:

Capitulo 

1

 

potchp1sm.jpg

A figura acima é a primeira página do livro 'O Poder de Três', da série de TV “O Encantado”. Note o símbolo em cima da página nº 1. Clique para ampliar

A série de T.V. O 'Encantado' caracteriza-se por três 'boas' bruxas que lutam contra o mal.

Tradução dos dizeres da figura abaixo:

Aleister Crowley

Cobertura de Tarô

  tarotcards.jpg

Tradução: U.S Jogos Sistematicos

Aleister Crowley é um conhecido satanista. Ele projetou um jogo com base nos símbolos ou figuras dos cartões do Tarô

hierophantsml.gif

Tradução: O Hierophant

O Hierophant é um das cartas deste jogo de cartões de Tarô. Retrata um padre /o papa / o mágico. Note os três círculos de interseção. Clique na figura para ver a imagem ampliada.

acecupssml.gif    acediskssml.gif

                      As de Xícaras                                               As de Discos

 

Obs: O Ás de Xícaras representa Água que se transforma em vinho ou sangue. 
Note as três interseções circulares no meio da xícara. 

O Ás de Discos representa as forças girando. Os discos representam a hierarquia Solar. Note no meio das três interseções circulares o número 6 6 6.

O Hierophant, o Ás de Xícaras e o Ás de Discos; Todas estas figuras vieram do jogo de cartões de Tarô produzido por Aleister Crowley, um conhecido satanista, feiticeiro e mágico. As ilustrações são de Frieda Harris. Notou os três círculos entrecruzando-se em cada cartão e o número 666 que aparece no cartão do Ás de Discos?. (Clique em cada figura para ver a imagem ampliada)

Símbolos e figuras utilizadas pelos amantes do ocultismo, do misticismo e da nova era 

witchboard2.jpg

Esta é a tábua da Bruxa Ouija usada para comunicar-se com os espíritos e conhecer o futuro.. 
Note só, no canto inferior esquerdo, as linhas cruzadas de três interseção circulares com um círculo completo ao centro. 
 

Tentar saber o futuro sem o auxilio de Deus é praticar a adivinhação. Para Deus, isto é uma abominação.

Deuteronômio 18:10 –13.

"Não se achará entre ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR, teu Deus, os lança de diante de ti. Perfeito serás para com o SENHOR, teu Deus".

Adoração do Sol

egyptiansun.gif

Slide 4-7: Egyptian Deities

Tradução: divindades egípcias

New International Encyclopedia. NY: Dodd, 1917. Volume 7, p. 529

 threephases.jpg

Tradução:

As três fases do deus sol

(Símbolo geralmente conhecido como o triquetra)

Nova Enciclopédia Internacional. NY: Dodd. 1917. Volume 7, p.529

O Três (3) tornou-se o número universal de deidades. Havia três principais deuses em Babilônia; Anu, Bel, e Ea que representam céu, terra, e o abismo. 

A adoração do sol é uma das formas mais primitivas da religião. O homem percebeu logo as três fases do sol e o adorava entre o nascer ou subir do sol, ao meio-dia, e ao entardecer ou ao pôr-do-sol.

Por exemplo, os egípcios dividiram o deus sol em três deidades:

Horus, sol nascente.

Ra ou Rê, sol de meio-dia.

 Osiris, pôr-do-sol a tarde.

 

Daniel 7 - O Pequeno Chifre

 

Daniel 7: 23,24.  

    

(  (23) “Então, ele disse: O quarto animal será um quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés, e a fará em pedaços”.

(24) “Os dez chifres correspondem a dez reis que se levantarão daquele mesmo reino; e, depois deles, se levantará outro, o qual será diferente dos primeiros, e abaterá a três reis”.

·  Leão – v 4 (Babilônia)

·  1 Cabeça

·  Urso – v 5 (Medo-Persia)

·  1 Cabeça

·  Leopardo – v 6 (Grécia)

·  4 Cabeças

·  Dentição de ferro – v 7 (Roma)

·  1 Cabeça

 

·  Quarta Besta (Roma)

·  7 Cabeças e 10 Chifres

·  Pequeno chifre

·  Diferente; Arranca três chifres quando cresce

·  Fala com insolência contra o Altíssimo. - v 20

·  Duração do seu reinado (tempo, tempos e metade de tempos) - v 25

·  Faz mudanças de tempos e leis - v 25

A besta de dentes de ferro e os dez chifres de Daniel 7, são claramente poderes políticos estatais, que surgem de um poder imperial estatal, na época Roma Imperial. 

Já as sete cabeças, da besta de apocalipse 13, são claramente cabeças  políticas religiosas. Uma combinação de igreja e poder estatal, que fala grandes coisas contra Deus, que reina durante 1260 anos e muda tempos e leis

A Besta do Mar de Apocalipse 13

Apocalipse 13:1-7,18

1  Vi emergir do mar uma besta que tinha dez chifres e sete cabeças e, sobre os chifres, dez diademas e, sobre as cabeças, nomes de blasfêmia.

2  A besta que vi era semelhante a leopardo, com pés como de urso e boca como de leão. E deu-lhe o dragão o seu poder, o seu trono e grande autoridade.

3  Então, vi uma de suas cabeças como golpeada de morte, mas essa ferida mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou, seguindo a besta;

4  e adoraram o dragão porque deu a sua autoridade à besta; também adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem pode pelejar contra ela?

5  Foi-lhe dada uma boca que proferia arrogâncias e blasfêmias e autoridade para agir quarenta e dois meses;

6  e abriu a boca em blasfêmias contra Deus, para lhe difamar o nome e difamar o tabernáculo, a saber, os que habitam no céu.

7  Foi-lhe dado, também, que pelejasse contra os santos e os vencesse. Deu-se-lhe ainda autoridade sobre cada tribo, povo, língua e nação;

18  “Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis”.

·  Deu o Dragão seu poder e sua autoridade a Besta semelhante  ao Leopardo, com boca de Leão e pés de urso

·  7 Cabeças e 10 Chifres

·  Fala insolências contra o Altíssimo  - v 5

·  Reina durante (tempo, tempos e metade de um tempo) – v 5

·  A Marca da Besta – v 18

A profecia de Daniel 7, sobre o chifre pequeno que  sobe ou cresce arrancando outros três, aparece com mais detalhes em Apocalipse 13, fazendo um paralelo  com o poder da Besta que surge do mar. A Besta de Apocalipse 13 não é apenas um poder político, é também um poder político estatal associado a um poder religioso. Nós sabemos que esta besta é o Papado - um poder, onde a  igreja domina apoiada pelos Estados. O único poder que satisfaz todas as características de Daniel 7 e Apocalipse 13.

A diferença entre a besta de dez chifres de Daniel 7 em relação a que aparece em Apocalipse13, é que, em Daniel 7, a besta e os chifres eram poderes políticos - estatais (vindo de uma besta política imperial). Em Apocalipse 13, a besta com sete cabeças e dez chifres é uma besta que representa um poder religioso e político. Assim, as sete cabeças, também são poderes religiosos e políticos ao mesmo tempo, e não somente políticos estatais.

Então, as sete cabeças são cabeças Papais que regem o poder Papal. Os dez chifres são poderes políticos estatais que transferem ou dão ao papado os seus poderes e autoridade.

Neste enredo, os 10 chifres são uma confederação de poderes políticos que apoiaram ao poder Papal e a ele concederam toda autoridade.

As três fases da Besta do Mar

Apocalipse 17: 8

 “a besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era  e não é, mas aparecerá

 

O Chifre Pequeno de Daniel 7

A Besta de Apocalipse 13

·  Leão – v  4

·  Leão – v 2

·  Urso – v 5

·  Urso – v 2

·  Leopardo – v 6

·  Leopardo – v 2

·  Animal com dentes de Ferro – v 7

·  Dragão – v 4

·  10 Chifres – v 7

·  10 Chifres – v 1

·  Fala  insolências contra O Altíssimo – v 20

·  Fala Blasfêmias – v 5

·  Reina  durante  (tempo, tempos e metade de tempos) – v 25

·  Reina durante 42 meses – v 5

·  Muda tempos e a lei – v 25

·  A Marca da Besta – v 17

 

Que era

Não é

Mas aparecerá

538 - 1798

(1260 dias / anos | 42 meses | tempo, tempos, e metade de um tempo).

1798 – Presente (2004)

? – 2º Vinda

533 - Justiniano intrometendo-se em assuntos religiosos, reconhece o Bispo de Roma como “Cabeça de toda a Santa Igreja Católica”.

538 – Roma Papal controla tudo e usa os exércitos de Justiniano, sob o comando do General Belizário para repelir os Ostrogodos.

1798 – O General Berthier com as tropas francesas sob o comando de Napoleão, invade Roma e captura o Papa, declarando Roma uma republica livre e pondo fim ao poder papal.

Roma elege novo papa, porém sem ter poder político.

1929 - Mussolini reconhece o Vaticano como um estado político e o Papa como chefe deste Estado, 'A ferida da cabeça começa a ser curada’.

2003 - João Paulo II, celebra 25 anos de pontificado, elegendo  31 novos cardeais, elevando em 123 o numero total de seus subordinados; A doença de Parkinson deteriora seu estado de saúde cada vez mais.

 

Segunda Fase da Besta do Mar

Não é

1798 - até o Presente

 “a besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era  e não é, mas aparecerá

 

      “Transportou-me o anjo, em espírito, a um deserto e vi uma mulher montada numa besta escarlate, besta repleta de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres”. – Apoc. 17: 3.

A Besta  representa um poder político. A mulher representa uma igreja.

A mulher sentada na besta representa a união do religioso com o poder político - da igreja com o estado.

A união Estado / Igreja dará poder ao papado, durante a fase em que ele ainda “não é” . Embora o Papado continue existindo, não tem o mesmo poder que teve durante os 1260 anos (538-1798). Isto só ocorrerá dentro da fase, "contudo será", quando seu poder for totalmente restaurado. Esta fase ocorrerá quando o poder papal voltar a perseguir os servos de Deus uma vez mais, como aconteceu durante a fase em que ele "era". Na fase “não é” há sete cabeças. Para João, no momento da visão, (5 ) cinco estavam caídos, (1) um é, e o outro ( o 7º sétimo) ainda virá.

Entender o significado das sete cabeças, nos dá condição de ler e ir mais adiante:

Aqui está o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada São também sete reis, dos quais cinco caíram, um existe, e o outro ainda não chegou; e, quando chegar, tem de durar pouco”.  Apoc. 17: 9-10.

Com a união entre a Igreja / Estado formar-se-á um poder monárquico cuja cabeça ou líder será o papa.

O que são estes sete reis ou sete cabeças? É o poder desta união igreja-estado? Como nós aprendemos em Apocalipse 13, elas são 7 cabeças Papais que comandaram o poder Papal.

Desde 1798 houve 7 Nomes Papais - exatamente como a Bíblia profetizou!

 

Que era

Não é

Mas aparecerá

538 - 1798

1798 - Presente (2004)

? – Segunda Vinda

Houve sete nomes papais de 1798 até o presente

Reis

Nomes Papais

Últimos Papas

Ano

Mesmo Nome Papal

1

Pio

Pio XII

1939-1958

12 Pios

2

Leão

Leão XIII

1878-1903

13 Leãos

3

Gregório

Gregório XVI

1831-1846

16 Gregórios

4

Benedito

Benedito XV

1914-1922

14 Beneditos

5

João

João XXIII

1958-1963

21 Joãos

6

Paulo

Paulo VI

1963-1978

6  Paulos

7

João Paulo

João Paulo II

1978-Presente

2 João Paulos

Apocalipse 17:8-20

      8  a besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era e não é, mas aparecerá.

 9  Aqui está o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada. São também sete reis,

 10  dos quais caíram cinco, um existe, e o outro ainda não chegou; e, quando chegar, tem de durar pouco.

João viu no futuro até o tempo da Sexta cabeça  Papal  (1963-1978) quando a profecia lhe foi dada. Tempo em que o Papa Paulo VI começou o Movimento Ecumênico para reunir, papistas e protestantes.

 

NOTA Mensagens Finais: Leia os estudos - "A Profecia dos Sete Reis do Apocalipse 17" e "Quem é o Homem 666" para saber mais sobre este tema... Siga os Links a seguir:

A Profecia dos Sete Reis do Apocalipse 17

Quem é o Homem 666

Clic na Figura Abaixo e Veja a Continuação deste estudo!

 

 

HOME