Make your own free website on Tripod.com

MENSAGENS FINAIS

QUEM SOMOS

NISTO CREMOS

ESTUDOS

JUDICIAIS

CARTAS

 Pastor é Excluído da IASD!

 

1.  Introdução

Eu, Pastor Osvair Munhoz, fui desligado do ministério adventista em abril de 2002 e excluído da IASD Central de Americana, SP no último dia 26/02/2004, por discordar das mudanças do Adventismo.

A liderança mundial da IASD está advogando hoje que a expiação foi completa na cruz, que a natureza humana de Cristo foi igual à de Adão antes da queda, que devemos adorar a Deus em uma Trindade e que também é impossível viver sem praticar o pecado. Por não concordar com tudo isso, fui removido do ministério e do rol de membros da igreja.

2.   Expiação no Santuário da Alma:

Argumentei que devemos preservar o adventismo histórico, ensinando que precisamos entrar pela fé no Santíssimo, onde Cristo Nosso Grande Sumo Sacerdote faz expiação com o Seu sangue pelos nossos pecados. Ou seja: Deus nos exige e possibilita uma erradicação dos pecados, uma obra cabal de extinção para dar fim aos pecados, extinguir o pecado na vida dos cristãos do advento. Creio nisto, baseando-me nos textos relacionados abaixo:

Textos da Bíblia:

“A fim de apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.” Efésios 5:27

“O remanescente de Israel não cometerá iniqüidade, nem proferirá mentira, nem na sua boca se achará língua enganosa.” Sofonias 3:13

“Na sua boca não se achou engano, são irrepreensíveis.” Apocalipse 7:1-8

“Respondi-lhe Senhor, tu o sabes. Disse-me ele: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.” Apocalipse 7:14

“Quem comete pecado é do diabo, porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do diabo. Aquele que é nascido de Deus não vive na prática do pecado, porque a semente de Deus permanece nele; não pode continuar pecando, porque é nascido de Deus. Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo: quem não pratica a justiça não é de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão.” I João 3:8-10.

“Quem subirá ao monte do Senhor? Quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma a vaidade, nem jura enganosamente. Este receberá do Senhor a bênção e a justiça do Deus da sua salvação.” Salmos 24:3-5.

“Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus” Mateus 5:8.

“Sede vós, pois, perfeitos, como perfeito é o vosso Pai que está nos céus” Mateus 5:48.

“Portanto santificai-vos, e sede santos, porque eu sou o Senhor vosso Deus” Leviticos 20:7.

“Pois está escrito: Sede santos, porque eu sou santo” I Pedro 1:16.

“Se voluntariamente continuarmos no pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados.” Hebreus 10:26

“Segui a paz com todos, e a santificação; sem a santificação ninguém verá o Senhor.” Hebreus 12:14

“Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências. Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniqüidade, mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre os mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de Justiça. Pois o pecado não terá domínio sobre vós, porque não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça” Romanos 6: 12-14.

“...Mas onde o pecado abundou, superabundou a graça.” Romanos 5:20

“Porque a lei do espírito de vida, em Cristo Jesus, livrou-me da lei do pecado e da morte” Romanos 8:2

“Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.” Romanos 8:8-9

“Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor” Romanos 6:11

“Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados, mas os ímpios procederão impiamente. Nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão.” Daniel 12:10

Textos do Espírito de Profecia:

“Os homens são pesados na balança e achados em falta, quando estão vivendo na prática de qualquer pecado conhecido” Testemunhos Ministros, pág. 438-440.

“Deus terá um povo separado e distinto do mundo, e tão logo alguém tenha o desejo de imitar ... o mundo, por não imediatamente vencê-lo, Deus com igual presteza deixa de reconhecê-lo como seu filho. Tais são filhos do mundo e das trevas” Testimonies, Vol. 01 pág. 127-137.

‘‘Aquele que não tem fé suficiente em Cristo para crer que Ele pode guardá-lo de pecar, não tem a fé que lhe dará entrada no reino de Deus.” Review Herald, Vol. 05, pág. 24

“Uma religião pura, uma vida santa e reta, são as evidências de que um homem é cristão” TW, pág. 280

“Não te enganes. Deus não se deixa escarnecer. Nada senão a santidade te prepará para o Céu ... O caráter celestial deve ser adquirido na terra, ou jamais poderá ser adquirido.” Testemunhos Seletos, Vol. 01, p. 245.

“De Gênesis a Apocalipse, as condições sobre as quais a vida eterna é permitida, são claras. Deus requer que aqueles que irão entrar no céu, sejam sem mancha e sem mácula ou qualquer outra coisa. Guardai os meus mandamentos e vivei, é o requerimento de Deus.” Review Herald 03 Setembro 1901.

“Por meio dos defeitos do caráter, satanás trabalha para obter o domínio da mente toda, e sabe que, se esses defeitos forem acariciados, será bem sucedido. Portanto, está constantemente procurando enganar os seguidores de Cristo com o seu fatal sofisma de que lhes é impossível vencer”             O Grande Conflito pág. 489.

No livro da Sra. White - Cristo em seu Santuário – ela expõe de um modo claro que Jesus continua a fazer expiação pelos nossos pecados e fará até que o último remido esteja perfeitamente sem mancha, sem defeito, sem mácula e sem pecado e assim concluído seu ministério no santíssimo, fechará a porta da graça.

A liderança atual da IASD defende a idéia de que a expiação foi completa na cruz, anulando toda a plataforma pela qual o adventismo foi montado. Tiraram os três anjos da logomarca da IASD, fazendo da cruz a imagem central da fé adventista. Desse modo, a religião adventista foi alterada.

“O inimigo das almas tem procurado introduzir a suposição de que uma grande reforma devia efetuar-se entre os adventistas do sétimo dia, e que essa reforma consistiria em renunciar às doutrinas que se erguem como pilares de nossa fé, e empenhar-se num processo de reorganização. Se tal reforma se efetuasse, qual seria o resultado? Seriam rejeitados os princípios da verdade, que Deus em sua sabedoria concedeu à igreja remanescente. Nossa religião seria alterada. Os princípios fundamentais que têm sustido a obra nestes últimos cinqüenta anos, seriam tidos na conta de erros. Estabelecer-se-ia uma nova organização. Escrever-se-iam livros de ordem diferente. Introduzir-se-ia um sistema de filosofia intelectual.... Os fundadores deste sistema iriam às cidades, realizando uma obra maravilhosa. O sábado seria, naturalmente, menosprezado, como também o Deus que o criou. Coisa alguma se permitiria opor-se ao novo movimento... Seus alicerces se fundariam na areia, e os vendavais e tempestades derribariam a estrutura.” Mensagens Escolhidas Vol. 1, pág. 205.

Os católicos e protestantes centralizam todas as suas esperanças na cruz, por ignorarem a doutrina do santuário; mas a liderança adventista enfatiza sua fé na cruz, com o objetivo de negar parte da fé no santuário; pois se Jesus faz expiação (extinguir o pecado) e eles querem continuar pecando, é melhor ensinar que a expiação foi completa na cruz, omitindo da sua crença a necessidade do abandono completo do pecado.

Assim ensinando que Jesus fez expiação completa na cruz, levam-nos a aceitar um Cristo apenas Substituto, que morreu uma morte vicária, mas hoje não vive em nós. Defendem a idéia de que Jesus apenas aplica sobre o crente o manto da Sua Justiça, isto é, os benefícios de uma expiação já feita. Uma justicação pela fé meramente forense, em que o crente é declarado justo diante de Deus, pelos méritos da Justiça de Cristo. E aí termina a salvação para o adventismo moderno.

O que está faltando nessa nova teologia para que o adventista possa de fato ser salvo? Está faltando o ensinamento do adventismo histórico: Cristo na encarnação foi o nosso exemplo, na cruz o nosso sacrifício e no Santuário Celestial é a nossa expiação.

A salvação oferecida por Cristo não é simplesmente nos declarar justos diante do Pai. Vai além, realçando a necessidade do novo nascimento, o nascer do espírito, de tornar-nos crentes espirituais e de vencer o pecado, sob o governo do Espírito na carne (Gálatas 5:16). Assim, nos é possível vencer o pecado sob qualquer disfarce, permanecermos impolutos diante de Deus, sermos redimidos de cada pecado... Enfim, não viver na prática de nenhum pecado conhecido. Para nos declarar justos, é imprescindível que Deus primeiro nos torne justos!

3.   Natureza Humana de Cristo

Por que a liderança atual está enfatizando que Jesus Cristo veio na natureza do Adão antes da queda? Resposta: Justamente para se unir a Babilônia e suas filhas. Eles estão na mesma condição espiritual da Babilônia. Estão embriagados com o seu vinho.

No íntimo de suas vidas, eles acariciam o pecado e rejeitam terminantemente o Jesus que veio numa natureza caída, passando por cima de 1200 citações publicadas oficialmente pela IASD entre 1852 e 1952, das quais 400 procedentes da pena da Sra. White.

Cristo veio na semelhança da carne do pecado e pelo pecado condenou o pecado na carne, Romanos. 8:3.

Eles não querem o Jesus do apóstolo Paulo: “Sede meus imitadores como também eu sou de Cristo”

I Coríntios 11:1.

Eles afirmam que a semelhança de Cristo ninguém consegue viver, ou seja, que ninguém consegue viver sem praticar o pecado. “Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou”

I João 2:6.

Eles não aceitam o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Eles escolheram o cordeiro (falso cristo) que simplesmemte desculpa os pecados do mundo, sem tirá-los. Mas Deus é fiel e justo para nos PERDOAR OS PECADOS e PURIFICAR DE TODA INJUSTIÇA.

“De acordo com a nova teologia que nossos líderes têm aceito e estão agora ensinando, os 144.000 serão sujeitos a uma tentação imensuravelmente mais forte do que Cristo jamais experimentou. Pois enquanto a última geração portará as fraquezas e as paixões de seus antepassados, nossos líderes reivindicam que Cristo foi isento [imune] de todas elas. Cristo, é nos dito, não herdou nenhuma das paixões “que corrompem os descendentes naturais de Adão” Questions on Doctrine, pág. 383.

Com esse falso ensino sobre a natureza de Cristo , Jesus viveu quando na terra num nível mais elevado e completamente diferente do homem que tem de lutar com paixões herdadas, e assim Cristo não conhece e não experimentou o real poder do pecado. Mas esse não é tipo de salvador que eu preciso. Preciso de um Salvador que foi “tentado em todos os pontos como nós somos” Hebreus 4:15. O “cristo substituto” que nossos líderes nos apresentam, devo rejeitá-lo e o rejeito. Graças a Deus, “Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.” Ibidem, Sete Cartas do Pr. M.L. Andreasen.

4.   Trindade:

Os apóstolos batizavam em nome do Senhor Jesus (conforme Atos 2:38; 8:12,16; 10:47,48; 19:5; 22:16: Efésios 4:5; Romanos 6:3,4; Gálatas. 3:27; Cl. 2:11,12; 3:17). Por que então o texto de Mateus 28:19 pede o Batismo em nome das três pessoas. De duas uma, ou este texto, não faz parte do original, ou os apóstolos cheios do Espírito Santo desobedeceram a ordem expressa de Jesus em Mateus28:19. Começaram na igreja primitiva, ensinando a passarmos por alto as ordens e a vontade de Deus? Não, de modo nenhum os apóstolos foram fraudulentos. Vamos deixar que os fatos digam a verdade sobre Mateus. 28:19.

Enciclopédia Britânica, 11 Edição, vol. 03 pp. 365-366:

“A fórmula batismal foi mudada do nome de Jesus Cristo para as palavras Pai, Filho e Espírito Santo pela igreja Católica no segundo século” Vl.3 p. 82 “ Sempre nas fontes antigas menciona que o batismo era em nome de Jesus Cristo.”

Enciclopédia Da Religião – Canney, p. 53: “A religião primitiva sempre batizava em nome do Senhor Jesus até o desenvolvimento da doutrina da trindade no segundo século.”

Na última edição da Bíblia de Jerusalém, há uma nota de rodapé, no texto de Mateus 28:19, explicando a mudança, uma vez que em Atos registra-se o batismo apenas em nome de Jesus. É dito que, embora os discípulos batizassem apenas em nome de Jesus, mais tarde a Igreja estabeleceu o batizado em nome das três pessoas da Trindade.

Enciclopédia Católica de 1913 -, vol. 02 p. 365, “...Aqui o católico reconhece que o batismo foi mudado pela igreja católica.”

Textos Bíblicos que confirmam, a não existência de um deus-em-trindade: I Cor. 8:6; 11:3: Joa.14:28; 15:26; 17:3; 20:17; Tiago. 2:19; Efe. 4:6; 1Joa 1:3; 2:24; 4:9,15; 1Cor 1:24; 15:27,28; 1Tim. 2:5; Apo. 3:12.

“Que uma pessoa seja três pessoas, e que três pessoas sejam uma só pessoa, é uma doutrina que nós podemos proclamar ser uma doutrina contrária à razão e ao senso comum.” Thiago White, 06 de julho de 1869.

“O eterno Pai, Aquele que é imutável, deu seu único filho, nascido dEle, retirado do seu seio, aquele que foi feito a expressa imagem de sua pessoa e enviando a terra para revelar o quanto Ele amou a raça humana.” Advent Review and Sabbath Herald – 07-09-1895.

“Deus é o Pai de Cristo, Cristo é o filho de Deus. Para Cristo foi dada uma posição exaltada. Ele tinha sido feito igual com o Pai. Todos os conselhos de Deus são abertos para o Filho” Testimonies for the Church, Vol. 08, pág. 268.

“Antes que a fundação do mundo fosse estabelecida, O único nascido de Deus ofereceu-se para tornar-se o redentor da raça humana.” Selected Messages, Vol. 01, pág. 226,227.

“Cristo, o Verbo, o Unigênito de Deus, era um com o eterno Pai – um na natureza, no caráter e no propósito – o único Ser em todo o Universo que poderia entrar nos conselhos e propósitos de Deus” O Grande Conflito, pág. 493

A liderança da IASD atual está ensinando que alguns pioneiros adventistas eram arianos e que essas idéias de uns poucos teriam dificultado a igreja de ter uma unanimidade sobre este assunto. Se de fato estes argumentos fossem verídicos e agora temos uma luz maravilhosa sobre o assunto, se de fato o que dizem fosse uma grande verdade, por que a IASD se esforçou o máximo que pôde para “limpar” e consertar a literatura e as publicações na década de 1940, conforme relatado no livro do Pr. George R. Knight, Search Identity, pág. 152?

Por que trocaram as expressões personalidade e personificação por pessoa, e até mesmo divindade por trindade nos livros da Sra. White? Se descobrimos uma grande verdade, por que usar de mentiras e adulterações dos textos? Por que essa "verdade" está acompanhada do príncipe das trevas, que é o pai da mentira?

Em 1930, começaram a insinuar que o Espírito Santo era uma pessoa, distinta do Pai e do Filho. Guilherme C. White, o filho da Sra. White, que foi secretário de E.G.W, protestou escrevendo uma carta em 30 de abril de 1935, na qual afirmava que o Espírito Santo era sem individualidade, representante do Pai e do Filho através do universo.

Os fatos são mais importantes dos que as mentiras que a liderança da IASD conta! Em 1894, por exemplo, a liderança da IASD composta de 1521 representantes, subscreveu por unanimidade um resumo dos principais traços de nossa fé religiosa, os quais posteriormente foram publicadas no Yearbook:

1Que existe um só Deus, pessoal, um Ser Espiritual, o Criador de Todas as coisas , Onipotente, Onisciente, e eterno; Infinito em conhecimento, santidade, justiça, bondade, verdade e misericórdia; imutável, e presente em todos os lugares por Seu representante, o Espírito Santo.

2Que existe um Senhor, Jesus Cristo, o Filho do Eterno Pai, o único por quem foram criadas todas as coisas...

Esta declaração permaneceu deste modo até que em 1930, quatro administradores liderados por LM Wilcox (Diretor da Review & Herald) decidiram publicar as doutrinas da Igreja no “Year Book de 1931”. A desculpa apresentada foi que isso facilitaria a entrada dos adventistas em países africanos. E, desde então, neste Yearbook aparece a crença de que os adventistas eram trinitarianos.

Em 1946, os opositores da doutrina da Trindade conseguiram interpor na Assembléia da Conferência Geral, uma decisão impedindo qualquer “mudança de portas fechadas”, como foi em 1931. Qualquer mudança na doutrina só poderia ser feita em Assembléia da Conferência Geral. Assim, legalmente essa decisão anulava a publicação do Year Book de 1931 e posteriores – R.H, 14 Junho 1946.

A administração da IASD, desde 1931, sempre favorável a doutrina da Trindade, temeu uma ampla discussão sobre o assunto e a doutrina permanecia indefinida.

Foi então que ocorreu uma idéia ao Presidente da Conferência Geral, Neil Wilson fazer aprovar um Livro com 27 Doutrinas na Conferência Geral de Dallas, Texas, em 1980 (cavalo de tróia). Embora a maior parte  dos votantes não soubesse o que estava dentro desse livro, (27 Doutrinas) num levantar de mãos, o deus da Igreja católica entrou na Igreja Adventista.

Desta forma, está provada a forma inescropulosa com que a administração manipulou a literatura adventista e incluíram também os livros de E.G.W. nessa “limpeza”, como eles chamam, com a finalidade de mudar a doutrina adventista.

“A doutrina da Trindade foi estabelecida na igreja pelo concílio de Nicéia 325 AD. Essa doutrina destrói a personalidade de Deus e seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor. A forma infame como foi imposta ‘a igreja, aparece nas páginas da história eclesiástica, que causa aos que acreditam na doutrina corar de vergonha.” J.N. Andrews – R.H. 06 março 1855.

A ponta pequena de Daniel 7, abateu três reinos para ter a supremacia. Desta forma, foram destruídos os Hérulos, Vândalos e Ostrogodos. A partir de então houve o período da supremacia papal. Estes reinos eram compostos de cristãos antitrinitarianos, chamados arianos, e por isto foram eliminados.

A doutrina da Trindade é a principal doutrina da Igreja Católica, segundo os ensinos do catecismo; e de acordo com E.G.W. a Igreja Católica é a obra prima de Satanás de enganar os crentes.

Os católicos perseguiram e procuraram eliminaram todos os cristãos antitrinitarianos, para ser imposta a doutrina maravilhosa da Trindade, e a IASD está excluindo e envenenando a cabeça dos irmãos contra os antitrinitarianos adventistas. Ou seja, o mesmo poder (deus) que domina os católicos, domina também agora a liderança mundial da IASD. Como está escrito:

“Haverá, mesmo entre nós, mercenários e lobos disfarçados em ovelhas que persuadirão [alguns do] rebanho de Deus a sacrificar a outros deuses diante do Senhor. ... Jovens que não se acham estabelecidos, arraigados e firmados na verdade serão corrompidos e desencaminhados pelos condutores cegos dos cegos; e os ímpios, os desdenhadores que duvidam e perecem, que desprezam a soberania do Ancião de Dias e colocam um falso deus sobre o trono, um ser de sua própria invenção, um ser completamente tal qual eles mesmos – estes instrumentos estarão nas mãos de Satanás para corromper a fé dos incautos.” Mensagens Escolhidas, Vol. 03 pág. 398

Eu conheço muito bem estes homens, “...apascentam a si mesmos. São nuvens sem água, levadas pelo vento; árvores em plena estação de frutos, destes desprovidas e desarraigadas, duplamente mortas. São ondas furiosas do mar, espumando as suas próprias sujidades; estrelas errantes, para as quais tem sido eternamente reservada a escuridão das trevas” Judas 12,13.

De acordo com a profecia de Ezequiel 9, onde EGW diz que se cumprirá literalmente na IASD, seis anjos irão fazer o juízo contra a liderança mundial da IASD, que mudou a verdade de Deus em mentira. São acusados perante o Rei do universo da maior de todas as traições cometidas na igreja cristã.

“Aqui vemos que a Igreja – o santuário do Senhor – foi a primeira a sentir o golpe da ira de Deus. Os homens velhos, aqueles a quem Deus concedera grande luz, e que foram postos por guardiões dos interesses espirituais do povo, traíram-lhe a confiança. ... “ R.H. E.G.W, 11.01.1887.

5.   Saí dela Povo Meu! Apoc. 18:4

Desejo fazer um apelo sincero aos irmãos e ministros da IASD. Como demonstrei aqui, a verdade de Deus foi traída. Diante disso, assumir uma posição passiva é se tornar cúmplices de todas estas mudanças.

Você pode argumentar: será que realmente houve estas mudanças? Pesquise! Ore a Deus. Ele colocará em suas mãos todos os documentos da própria IASD. E tudo então será esclarecido. Muitos têm olhos para ver e não vêem, ouvidos para ouvir e não ouvem!

Portanto, irmão, deixe o seu pecado, confesse a Deus, o Senhor Jesus mediará em seu favor e serão cancelados os vossos pecados. E então, com os olhos espirituais abertos, você verá toda está traição, de forma nítida e clara. Pois as coisas espirituais se discernem espiritualmente!

“Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos? Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles, separai-vos, diz o Senhor; não toqueis em coisas impuras; e eu vos receberei, sereis vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo Poderoso”. II Coríntios 6:15-18.

6.   Para onde vamos?

Como foi no passado, a história se repete, vamos sair dos templos e freqüentar os lares. A igreja que está em tua casa! Formem pequenos grupos, reúnam-se nos horários dos cultos, coloquem obreiros para propagar as verdades do adventismo histórico. Ou seja, a verdade presente, a Justificação pela Fé, a mensagem do Terceiro Anjo: O caráter de Jesus gerado, formado na experiência do ser humano. Cristo presente em cada fibra do seu ser, preenchendo todas as suas faculdades, uma nova criatura, tudo novo!

“Disse Jesus; Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é escravo do pecado...Se, pois o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres” João 8: 34,36. Esta foi a fé dos apóstolos, as alegres novas proclamadas por eles. Podemos ficar livres do pecado, podemos ficar livres do cativeiro de Satanás, e sermos filhos e filhas de Deus. Amém!

“Deus possui uma igreja. Não é uma grande catedral, nem uma igreja oficialmente estabelecida, nem as diversas denominações, mas, sim, o povo que ama a Deus e guarda seus mandamentos. Porque onde estão dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles. (Mateus 18:20) Ainda que Cristo esteja entre poucos humildes, esta é sua igreja, pois somente a presença do Alto e Sublime que habita a eternidade pode constituir uma igreja.” E.G. White. Manuscript Releases, 17, pág. 81,82.

“Vi que Deus tem filhos honestos entre os adventistas nominais e as igrejas caídas, e antes que as pragas sejam derramadas, ministros e povo serão chamados a sair dessas igrejas e alegremente receberão a verdade. Satanás sabe disto, e antes que o alto clamor da terceira mensagem Angélica seja ouvido, ele suscitará um excitamento nessas corporações religiosas, a fim de que os que rejeitaram a verdade pensem que Deus está com eles. Ele espera enganar os honestos e levá-los a pensar que Deus ainda está trabalhando pelas igrejas. Mas a luz brilhará, e todos os homens deixarão as igrejas caídas, e tomarão posição ao lado dos remanescentes.” Primeiros Escritos, pág. 261.

A IASD não é Babilônia, mas a liderança mundial da IASD está na mesma condição espiritual de Babilônia.

“O povo judaico acariciava a idéia de que eles eram os favoritos do céu, e que sempre deveriam ser exaltados como igreja de Deus... Mas por suas vidas de infidelidade estava se preparando para a condenação do céu e para a separação de Deus.”

“Eles rejeitaram a Luz do mundo, e daí em diante a vida deles foi cercada por trevas como as trevas da meia-noite. A destruição predita veio sobre a nação judaica. ... Jerusalém foi destruída, o templo ficou em ruínas e o seu sítio arado como um campo” – PJ, pág. 276-296.

“Vagarosa e tristemente, Cristo, com os Seus discípulos, deixou para sempre o recinto do Templo. Spirit of Prophecy, vol. 04, pág. 46.2.

Jerusalém é uma representação do que a igreja será se recusar caminhar na luz que Deus tem dadoTestimonies, Vol. 08, pág.67.

“O mundo não deve ser introduzido na igreja, e com ela casar-se, formando um laço de união. Por esse meio tornar-se-á a igreja verdadeiramente corrupta, e, como foi declarado em Apocalipse: covil de toda ave imunda e aborrecível”  Testemunhos Ministros, pág. 265.

7.   Eles são Políticos!

Fazem política num pequeno grupo, na Igreja, na Associação, nos Concílios, na Quadrienal e em todos os níveis da hierarquia da Organização Adventista, e o espírito de profecia diz que quem faz política é um profeta de Baal.

“A honestidade e a política não podem operar juntas na mesma mente. Com o tempo, ou a política será expulsa, e a verdade e a honestidade reinarão supremas, ou, se a política for acariciada, a honestidade será esquecida. Elas nunca estarão de acordo; nada têm em comum. Uma é o profeta de baal, a outra é o verdadeiro profeta de Deus” Testimonies Vol. 05, pág. 96.

Eles rejeitam a idéia de abandonar o pecado, justamente porque querem no íntimo continuar praticando pecados... São ministros do pecado, só querem a lã da ovelha. "Requererei de vós as minha ovelhas, e, elas não mais te servirão de pasto, diz o Senhor..." Ezequiel. 34. - Quando uma pessoa acaricia o pecado e deseja viver em pecado, estabelece-se nesta pessoa uma base de operação maligna, e os espíritos maus se alojam nestes indivíduos sem que eles percebam.

Deus não pode fazer nada então, pois eles no íntimo preferem o pecado (Satanás) e adotam um falso cristo para adoração. São os maus espíritos que alimentam a espiritualidade desses indivíduos. E, quando estes são ministros na igreja, estes então, sem que se apercebam, tornam-se ministros de satanás dentro da IASD.

“Pois tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é de admirar, pois o próprio Satanás se transforma em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transformem em ministros da justiça. O fim deles será conforme as suas obras.” II Coríntios 11:13-15.

“Satanás se esforça constantemente por atrair a atenção para o homem, em lugar de Deus. Induz o povo a olhar para os bispos, pastores, professores de teologia, como seus guias, em vez de examinarem as Escrituras a fim de, por si mesmos, aprenderem seu dever. Então, dominando o espírito desses dirigentes, pode influenciar as multidões de acordo com sua vontade.”

O Grande Conflito, pág. 595.

Eles comem carne! Dá para acreditar? E.G.W. diz: “Nenhuma carne será usada por Seu povo.”

Conselhos Sobre Regime Alimentar pág. 82. Se nenhuma carne será usada por seu povo e eles comem carne, é evidente de que: ou E.G.W. é uma falsa profetiza, ou eles são falsos pastores. Como individualmente creio que EGW é uma profetisa de Deus, eles são indubitavelmente falsos pastores...

Que Deus os abençoe e vos guarde!

Caixa de texto:              Se você apreciou a leitura deste estudo escreva-nos,
          e teremos a maior satisfação em fornecer-lhe mais
          material sobre este, ou sobre qualquer outro
          assunto de seu interesse
         Caixa Postal 48342 – São Paulo – Cep: 03512-970
         Email: advhstpenha@hotmail.com
           Telefone: 0XX11.6852.3411

 

 

 

 

 

 

   Material Formatado e Revisado Por :  Adventistas Históricos da Penha (Leigos)

      Fonte: Ptr. Osvair Munhoz          Primeira Edição – Junho 2004

Conheça mais sobre o movimento leigo adventista no Brasil: www.adoraiaocriador.com

HOME