Make your own free website on Tripod.com

MENSAGENS FINAIS

QUEM SOMOS NISTO CREMOS ESTUDOS JUDICIAIS CARTAS

Capítulo 5 (1901/1909)


Da Associação Geral não mais ser a voz de Deus para o nosso povo até a apostasia da verdade de Deus

 

1901 Diz ela: "É o operar segundo princípios errôneos que tem trazido a causa de Deus à atual situação embaraçosa em que se encontra. O povo tem perdido a confiança naqueles que têm a administração da Obra.

"Contudo, ouvimos que a voz da Associação é a voz de Deus. Toda vez que ouço isto, tenho pensado que é quase uma blasfêmia. A voz da Associação Geral deveria ser a voz de Deus, mas não é, porque alguns em ligação com ela não são homens de fé e oração, não são homens de princípios elevados. Não há uma busca de Deus de todo o coração; não há um reconhecimento da terrível responsabilidade que repousa sobre aqueles nesta instituição para moldar e adaptar as mentes segundo a similitude divina". Manuscrito 37, p. 8, abril de 1901.

Será Deus forçado a remover o castiçal da Associação Geral, ou se arrependerão os líderes e seguirão a luz e advertências que Deus tem dado?

Na Assembléia da Associação Geral de 1901, ela declara:

"Os irmãos concordaram com a luz que Deus tem dado; mas havia aqueles ligados às nossas instituições, especialmente com o escritório da Review and Herald e da Associação, que introduziram elementos de descrença, de modo que a luz que foi dada não foi seguida".

"Deus lhes ofereceu luz clara quanto ao que deveriam fazer e o que não deveriam fazer, mas eles se afastaram dessa luz; e é de causar-me admiração o quanto de prosperidade alcançamos hoje. É devido à grande misericórdia de Deus, não devido a nossa justiça, que o Seu nome não é desonrado no mundo.

"Por que, pergunto-vos, se permitiu que homens que não trouxeram o eu sob sujeição ocupassem posições e lidassem com as coisas sagradas?1 . . . Foi-nos dada uma oportunidade de nos livrarmos de todo tipo de rebelião.

"Há aqueles aqui que têm tradições, e eles se colocam na mesma posição dos fariseus. Não obstante, eles podem dizer que a unidade e o amor, a compaixão e a ternura são princípios corretos; contudo, em sua própria vida prática se apegam a velhas tradições. . . . Mas o que desejamos são as tradições de Deus.

"Que esses homens se posicionem num lugar sagrado para serem como a voz de Deus ao povo, como outrora críamos ser a Associação Geral, isto está no passado2. Boletim da Associação Geral, pp. 23-25, 3 de abril de 1901.

Deus colocou o castiçal nas mãos de nossos líderes adventistas do sétimo dia para sustentarem a luz de Deus e a verdade em benefício de nosso povo, mas eles a retiveram e em seu lugar lançaram trevas. Por anos as advertências têm sido feitas de que o castiçal seria removido, a menos que se arrependessem. Eles preferiram permanecer impenitentes e rejeitar as advertências.

Por misericórdia de seu verdadeiro povo adventista do sétimo dia, Ele removeu o castiçal da Associação Geral e de qualquer de nossas igrejas e instituições adventistas do sétimo dia que buscam liderança e guia da Associação Geral.

O castiçal agora pertence, e sempre pertencerá, àqueles que buscam a Deus somente por liderança e guia, que guardam todos as Suas ordenanças, que têm a fé de Jesus, que exaltam o padrão de justiça, que caminham na verdade e cujo fundamento é firmado sobre a plataforma da verdade eterna! Em outras palavras, a verdadeira igreja e povo de Deus.

Ela já nos havia advertido antes a respeito disso. Dissera em 1885:

"Permita-me dizer-vos que o Senhor operará nesta última obra numa maneira muito fora da ordem comum das coisas, e numa forma que será contrária a qualquer planejamento humano.

"Deus empregará meios e formas pelas quais será visto que Ele está tomando as rédeas em Suas próprias mãos. Os obreiros se surpreenderão com as maneiras simples que Ele empregará para levar a cabo e aperfeiçoar Sua obra de justiça." Testemunhos Para Ministros, p. 300.5, 1 de outubro de 1885.

1902 Ela agora envia esta advertência ao nosso povo:

"Agora e sempre temos que nos posicionar como um povo distinto e peculiar3, livre de toda política mundana, desembaraçados de associação com aqueles que não têm a sabedoria para discernir as reivindicações de Deus, tão claramente estabelecidas em Sua lei.

"Chegamos a um tempo em que Deus tem sido grandemente desonrado . . . . Em nome do Senhor devemos identificar-nos como adventistas do sétimo dia. . . . Sou instruída a apelar ao povo de Deus para harmonizar seus atos com o seu nome, de que não tem por que se envergonhar.

"Temos sido grandemente humilhados como um povo pela atitude que alguns de nossos irmãos em posições de responsabilidade têm assumido ao se afastarem dos velhos marcos básicos. Há aqueles que a fim de levarem avante os seus planos têm, por suas palavras e atos, negado a sua fé4. Isso mostra quão pouca dependência podemos depositar na sabedoria e julgamento humanos. Agora, como nunca dantes, precisamos ver o perigo de ser transviados desprotegidamente da lealdade aos mandamentos de Deus. . . . Que nosso povo se acautele de diminuir a importância do sábado a fim de se associar a descrentes. Que se acautele de desviar-se dos princípios de nossa fé, fazendo com que pareça que não é errado conformar-se com o mundo. Que eles temam dar atenção a qualquer conselho de homens, seja qual for a sua posição, que atuem contra aquilo que Deus tem realizado a fim de guardar o Seu povo do mundo".

"O Senhor está testando e provando o Seu povo, para ver quem será leal aos princípios de Sua verdade5. . . . Oro para que os meus irmãos possam reconhecer que a terceira mensagem angélica significa muito para nós e que a observância do verdadeiro sábado deve ser o sinal que distingue aqueles que servem a Deus dos que O não servem. Que os que se tornam sonolentos e indiferentes despertem". "A linha de demarcação entre os que guardam os mandamentos de Deus e os que não o fazem, deve ser revelada com inegável clareza. . . . Dar a impressão de que nossa fé, nossa religião não é um poder dominante em nossas vidas significa grandemente desonrar a Deus. Assim, nos volvemos de Seus mandamentos, que são a nossa vida, negando que Ele é o nosso Deus e que nós somos o Seu povo". Battle Creek Letters, pp. 52-54. 6 de julho de 1902.

Ela também adverte:

 

"Não devemos entrar em associação com aqueles que não amam ou temem a Deus. Os que são incapazes de suportar a visão Daquele que é invisível, estão rodeados de trevas espirituais semelhantes às trevas da meia-noite.

"O Senhor apela a homens e mulheres para se unirem com Cristo levando o Seu jugo. Mas Ele lhes diz que devem recusar o jugo que mãos humanas colocariam sobre eles6; porque esse jugo seria opressivo e penoso. Há aqueles que recusam levar o jugo de Cristo, e contudo poriam jugo de manufatura humana sobre as costas de outros. Que terrível engano!

"Muitos que reivindicam crer na verdade estão longe de praticar os seus princípios. A igreja é fraca e ineficiente porque muitos de seus membros seguem os seus próprios impulsos, recusando cumprir a vontade de Deus. Não pelo Espírito de Deus, mas por outro espírito é que são conduzidos".

"Essas palavras foram proferidas por nosso Instrutor: 'Alguns são descuidados, insensíveis aos resultados do pecado, alheios à advertência. Em breve será lida a inscrição sobre a parede, agora ininteligível a eles. Mas será então demasiado tarde para que se arrependam. À semelhança de Belshazar, eles parecem incapazes de ver o seu perigo. Um direto testemunho deve ser dado a nossas igrejas e instituições, para despertar os adormecidos'".

"Temos seguido por nossos próprios caminhos e seguido o nosso próprio conselho, como se pudéssemos contrafazer os propósitos divinos. Escrito em 14 de agosto de 1902. Impresso na Review and Herald, vol. 4, p. 467.3.

Por que está ela advertindo o nosso povo a acautelar-se de diminuir o sábado, e acautelar-se de afastar-se dos princípios de nossa verdadeira fé adventista do sétimo dia? Por que está advertindo nosso povo a recusar o jugo da feitura humana? é porque a nossa professa liderança adventista do sétimo dia tem rejeitado o Espírito de Deus? Disse ela: "Não pelo Espírito de Deus, mas por outro espírito, eles são conduzidos". Estão ainda acariciando o mesmo espírito mau que tiveram em Mineápolis, e que os levou a rejeitar a chuva serôdia? Declara ela:

"Se um trabalho integral houvesse sido realizado durante a última Assembléia da Associação Geral em Battle Creek (1901); se tivesse sido como Deus determinou que fosse, um quebrantar do solo duro do coração, pelos homens que tinham levado as responsabilidades; se eles, em humildade de alma, tivessem liderado uma obra de confissão e consagração; se tivessem dado mostras de que receberam os conselhos e advertências enviadas pelo Senhor para corrigir os seus erros, ter-se-ia dado um dos maiores reavivamento desde o dia de Pentecoste".

"Que obra maravilhosa poderia ter sido feita para a vasta companhia reunida em Battle Creek por ocasião da Assembléia da Associação Geral de 1901, se os dirigentes de nossa obra a tivessem tomado a peito. Mas a obra que todo o Céu estava esperando realizar tão pronto os homens preparassem o caminho, não foi realizada; pois os líderes fecharam e bloquearam a porta contra a entrada do Espírito. Houve uma paralisação quase nos limites da inteira dedicação a Deus. E corações que poderiam ter sido purificados do erro foram fortalecidos no cometer erro. As portas foram barradas contra a corrente celestial que poderia ter varrido o mal para fora. Os ho­mens deixaram de confessar os seus pecados. Firmaram-se na prática do mal e disseram ao Espírito de Deus: 'Segue o teu caminho por agora; quando houver ocasião mais propícia, então te chamarei'". Cartas de Battle Creek, pp. 55-56. 23 de agosto de 1902.

Nossa Associação Geral e sua professa liderança adventista do sétimo dia REJEITOU A CHUVA SERÔDIA A SEGUNDA VEZ!! Ela nos advertira previamente:

"A causa de Cristo será traída. Aqueles que têm tido a luz da verdade e têm desfrutado suas bênçãos, mas se desviaram dela, lutarão contra o Espírito de Deus. Inspirados por um espírito que procede de baixo, eles porão abaixo aquilo que haviam edificado, e mostraram a todas as almas razoáveis e tementes a Deus que não são dignos de confiança".

Nossos professos líderes adventistas do sétimo dia têm literalmente cumprido esta profecia, e continuarão a fazer o mesmo. Dissera ela antes:

"A mesma obra que foi executada no passado será levada avante sob o disfarce da Associação Geral." Letter to Elder O.A. Olsen, may 31, 1896.

Nosso bendito Salvador tentou preparar o caminho para a Sua vinda DUAS VEZES, e cada vez foi nossa Associação Geral e sua professa liderança adventista do sétimo dia que REJEITOU o seu bendito oferecimento!

O que mais poderia nosso bendito Senhor ter feito? Ele tem misericordiosamente enviado luz, verdade e advertências aos nossos líderes, mas eles recusaram completamente ouvir e seguiram os seus ímpios planos.

Verdadeiramente, Deus estaria mais do que justificado em denunciar a nossa professa Igreja Adventista do Sétimo Dia como Babilônia, e isso é exatamente o que Ele fez!

1903 Ela declara: "Estamos longe de onde deveríamos ter estado caso nossa experiência cristã estivesse em harmonia com a luz e oportunidades que nos foram concedidas, tivéssemos nós desde o princípio constantemente avançado para a frente e para o alto. Se houvéssemos caminhado na luz que nos foi concedida, tivéssemos seguido adiante para conhecer o Senhor, nosso caminho teria se tornado mais e mais claro. Mas muitos daqueles que tiveram luz especial estão tão conformados com o mundo que dificilmente podem distinguir-se dos mundanos. Não se apresentam como povo peculiar de Deus, escolhido e precioso. É difícil discernir entre quem serve a Deus e quem não O serve".

"Nas balanças do santuário está sendo pesada a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Ela será julgada pelos privilégios e vantagens que tem desfrutado. Se a sua experiência espiritual não corresponde às vantagens que Cristo, a custo infinito, lhe propiciou, se as bênçãos conferidas não a qualificou a realizar a obra que lhe foi confiada, a seu respeito será pronunciada a sentença: 'Achada em falta'. Mediante a luz concedida, as oportunidades dadas, ela será julgada".

"Não haverá aqueles em posições de responsabilidade, professando conhecer a Deus, os quais na vida e caráter O negam? Não estão tantos daqueles que se contam como os Seus escolhidos, povo peculiar, satisfeitos em viver sem a evidência de que um Deus da verdade está entre eles para salvá-los dos ardís e ataques de Satanás?"

"Muitos se desviarão da fé, dando ouvidos a espíritos sedutores e doutrinas de demônios7. Eles não discernem que espírito deles se apossou.

"O Mestre celestial indagou: 'Que maior engano pode seduzir a mente do que a pretensão de que estás edificando sobre o fundamento certo e de que Deus aceita as tuas obras, quando em realidade estais pondo em ação muitas coisas segundo a política mundana8 e estais pecando contra Jeová?'"

"Quem pode verdadeiramente dizer: 'Nosso ouro é provado no fogo; nossas vestes estão maculadas pelo mundo'? Vi o nosso Instrutor apontando às vestes da chamada justiça. Rasgando-as Ele revelou a contaminação que por baixo se achava9. Então me disse: 'Não podeis ver quão pretensiosamente acobertaram a sua contaminação e podridão de caráter? 'Como a cidade fiel se tornou uma prostituta! Por esta causa há fraqueza, e a força está em falta'".

"A menos que a igreja, que está agora sendo levedada com sua própria apostasia, se arrependa e se converta, ela comerá os frutos de sua própria confecção, até que se aborreça de si mesma". Testimonies, vol. 8, pp. 247-250. 21 de abril de 1903.

Nosso professo povo adventista do sétimo dia tem sido denunciado como a prostituta de Babilônia!10 Como a igreja judaica e a igreja romana se tornaram a prostituta de Babilônia? Declara ela:

"Babilônia é também acusada de pecado de ligação ilegítima com 'os reis da terra'. É pelo afastamento do Senhor, e aliança com os ímpios, que a igreja judaica tornou-se uma prostituta; e Roma, corrompendo-se de igual maneira por buscar o apoio dos poderes mundanos, recebe uma idêntica condenação". O Conflito dos Séculos, p. 382.8.

Tanto a igreja judaica quanto Roma foram declaradas como sendo Babilônia, porque desviaram-se do Senhor e de Sua Palavra, aceitaram falsas teorias, e uniram-se com o mundo. Nossa professa liderança tem feito o mesmo. Diz ela:

"Se nos volvermos do testemunho da palavra de Deus e aceitarmos falsas doutrinas porque nossos pais as ensinaram, caímos sob a condenação pronunciada sobre Babilônia; estamos bebendo o vinho de suas abominações". Spirit of Prophecy, vol. 4, p. 357.4.

Alguns ainda recusam crer que nossa professa Igreja Adventista do Sétimo Dia foi denunciada como Babilônia, e cairá, como as Escrituras declaram. A maioria aplica a queda de Babilônia somente a Roma. Declara ela:

"O termo Babilônia, derivado de Babel, e significando confusão, é aplicado na Escritura às várias formas de religião falsa ou apóstata. Mas a mensagem anunciando a queda de Babilônia deve aplicar-se a algum corpo religioso que outrora foi puro, e se tornou corrupto. Não pode ser a igreja romana a que aqui se refere; pois essa igreja tem estado numa condição caída por muitos séculos". Espírito de Profecia, vol. 4, p. 232.8 (O Grande Conflito original de 1884).

Ela muito definitivamente declara que não pode ser Roma, mas que se aplica a um corpo religioso que outrora foi puro e agora se corrompeu. Mas a nossa professa liderança adventista do sétimo dia não deseja que o nosso povo saiba a clara e evidente verdade, assim trataram de alterar o testemunho da Sra. White, encontrado no original acima, para que tenha o seguinte texto:

"A mensagem de Apocalipse 14, anunciando a queda de Babilônia, deve aplicar-se a corporações religiosas [alteração] que foram uma vez puras e se fizeram corruptas. Sendo que esta mensagem segue a advertência do juízo, deve ser dada nos últimos dias; assim, não pode tratar-se da igreja de Roma somente, [adição] pois tal igreja tem estado num estado caído por muitos séculos". O Conflito dos Séculos, p. 383.1.

Que engodo! Eles mudam os escritos da Sra. White porque não gostam do testemunho direto.

Em 1844, com a primeira proclamação das três mensagens angélicas, todas as demais denominações protestantes rejeitaram a verdade e foram denunciadas como Babilônia11. Isso deixou somente uma igreja, que naquele tempo, era pura e não corrupta--a Igreja Adventista do Sétimo Dia12.

Sendo que as mensagens dos três anjos vêm sendo proclamadas de novo, qual é a única igreja que poderia ajustar-se à mensagem anunciando a queda de Babilônia? Roma já está caída, e todas as outras denominações protestantes já caíram também. Mas ela disse que a mensagem anunciando a queda de Babilônia "deve aplicar-se a algum corpo religioso que foi outrora puro, e se tornou corrupto". Há somente uma igreja que se ajusta a essa descrição--a professa Igreja Adventista do Sétimo Dia. Declara ela:

"A primeira, segunda e terceira mensagens angélicas devem ser repetidas. O chamado deve ser dado à igreja: 'Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e coito de todo espírito imundo, e coito de toda ave imunda e aborrecível'". Review and Herald, vol. 4, p. 109.9.

Deus tem dado a esta igreja toda a luz de que ela carecia para arrepender-se e voltar para Ele, mas os nossos professos dirigentes adventistas do sétimo dia rejeitaram a luz, a verdade e as advertências de Deus e aceitaram falsidades e erros de sua própria escolha. Eles estão enganando o nosso povo e levando-o a crer que as denúncias de Deus são contra as outras igrejas somente, quando ela se aplica à nossa professa Igreja Adventista do Sétimo Dia em maior escala por causa da imensa quantidade de luz e vantagens. Nosso povo precisa despertar! Declara ela:

"Mediante essas solenes advertências o povo será despertado. Milhares e milhares nunca ouviram palavras como estas. Com assombro eles ouvem o testemunho de que Babilônia é a igreja, caída por causa de seus erros e pecados, por causa de sua rejeição da verdade que lhe foi enviada desde o Céu". Spirit of Prophecy, vol. 4, p. 424.7.

No testemunho de 1903, ela também alegou que a professa Igreja Adventista do Sétimo Dia será pesada na balança e achada em falta. O que leva a igreja a ser achada em falta? Declara ela:

"Foi-me então mostrada uma companhia que gemia em agonia. Sobre suas vestes estava escrito em grandes letras: 'Pesado fostes na balança, e achado em falta'. Perguntei quem era esse grupo. O anjo respondeu: 'Estes são os que outrora observaram o sábado e a ele renunciaram'". "Vi que tinham se abeberado de profundas águas, e turvado o restante com os pés--espezinhado o sábado--e por isso é que foram pesados na balança e achados em falta". Primeiros Escritos, p. 37.3.

Ela também nos deu uma advertência em 1895 de que a menos que nossos professos líderes adventistas do sétimo dia se arrependam depressa, perderiam a vida eterna. Não mais haveria perdão. Desde esse tempo eles não se arrependeram dos maus caminhos, mas se uniram com a política e com o papado, e uniram-se com o mundo, rejeitaram a chuva serôdia, e disseram ao Espírito Santo de Deus para retirar-se pois o chamariam quando Dele necessitassem.

Agora, este testemunho vem contra eles. Declara ela:

"Hoje Cristo está olhando com tristeza para aqueles cujos caracteres Ele deve pelo menos recusar reconhecer. Ensoberbecidos de auto-suficiência, esperam que tudo está bem com suas almas, mas no último grande dia, o espelho de detecção revela-lhes os males que seus corações têm praticado, e revela-lhes ao mesmo tempo a impossibilidade de reforma. Todo esforço foi exercido para levá-los ao arrependimento, mas eles recusaram humilhar seus corações. Agora a amarga lamentação é ouvida: 'Passou a cega, findou-se o verão, e minha alma não está salva'. Cristo nos diz como nos últimos dias ministros, pastores, evangelistas, médicos, professores, O confrontarão com as suas reivindicações. . . . Mas Cristo declara: 'Então eu lhes direi: Nunca vos conheci; apartai-vos de Mim, os que praticais a iniquidade'".

"Se tivésseis sido fiéis às advertências da Palavra; se tivésseis dispensado a Satanás, em lugar de unir vosso braço ao dele; se houvésseis preservado imaculados os princípios do direito; se houvésseis obedecido aos mandamentos, rompido com os conselheiros da maldade, desprezado de suas ímpias seduções, e seguido a Jesus em Sua negação própria, Eu poderia vos ter acolhido à Minha presença. Mas não ligastes para a associação Comigo. . . . e não tendes poder para escapar dos ardís. . . . Desprezastes todos os meus apelos e zombastes de Meus convites. Levastes muitos a seguir vossos ímpios caminhos, e agora vossa punição é chegada. Recebereis tal como têm sido vossas obras. Deves perder a vida eterna. Escolhestes os vossos próprios caminhos, sentimentos, caracteres, não poderíeis entrar nos portões da Santa Cidade". Uma Solene Advertência, 1 de outubro de 1903.

Ela também divulgou em 21 de abril de 1903 um testemunho de que muitos se desviarão da fé (apostatarão), dando ouvidos a espíritos sedutores e doutrinas de demônios, e começarão a edificar outro fundamento que não aquele estabelecido por Deus. Eles crerão que Deus está dirigindo, quando, na realidade, é Satanás quem os conduz. Quando tal apostasia começará a ser vista? Ela diz que apenas seis meses a partir daquela data.

"Deus tem permitido que a crise atual venha para abrir os olhos daqueles que desejam conhecer a verdade. Ele gostaria que Seu povo entendesse a que extensão os sofismas13 e ardís do inimigo conduziria.

"Sou agora autorizada a dizer que é chegado o tempo para tomar decisiva ação. O desenvolvimento visto na causa de Deus é semelhante ao desenvolvimento visto quando Balaão levou Israel a pecar pouco antes de que entrassem na terra prometida14. . . . Poucos podem ver o sentido da apostasia presente. Mas o Senhor levantou a cortina, e mostrou-me o seu significado, e os resultados que terão se for permitida continuar.

"O inimigo das almas tem buscado introduzir a suposição de que uma grande reforma devia ter lugar entre os adventistas do sétimo dia, e que essa reforma15 consistiria em renunciar às doutrinas que permanecem como os pilares de nossa fé16, e empenhando-se num processo de reorganização. Caso tal reforma tivesse lugar, o que disso resultaria? Os princípios da verdade que Deus em Sua sabedoria tem dado à igreja remanescente seriam descartados. Nossa religião seria mudada. Os princípios fundamentais que têm sustentado a Obra pelos últimos cinquenta anos seriam considerados como erro. Uma nova organização seria estabelecida. Livros de uma nova ordem seriam escritos. Um sistema de filosofia intelectual seria introduzido. Os fundadores desse sistema iriam às cidades e realizariam um maravilhoso trabalho. O sábado, logicamente, seria considerado levianamente, bem como o Deus que o criou. Nada seria permitido permanecer no caminho do novo movimento. Os dirigentes iriam ensinar que a virtude é melhor do que o vício, mas Deus estaria removido e eles colocariam sua confiança no poder humano, o qual, destituído de Deus, é indigno de confiança. O seu fundamento seria edificado sobre a areia, e a tempestade e fúria dos elementos derribariam a estrutura.

"Quem tem autoridade para iniciar tal movimento? Temos nossas Bíblias. Temos nossa experiência, atestada pela miraculosa operação do Espírito Santo. Temos uma verdade que não admite comprometimento. Não repudiaremos a tudo que não esteja em harmonia com esta verdade?17"

"Sou instruída a dizer que aqueles que queriam arrasar os fundamentos que Deus estabeleceu18 não devem ser aceitos como mestres e instrutores de Seu povo19". Special Testimonies, Série B, # 7, pp. 36-41. Outubro de 1903.

Serão verdadeiramente nossos próprios professos irmãos adventistas do sétimo dia--nossos líderes na Associação Geral, que farão essa obra de apostasia? Ela declara:

"Satanás estabeleceu seus planos para solapar a nossa fé na história da causa e obra de Deus. Estou profundamente ansiosa ao escrever isto. Satanás está agindo com homens em posições de destaque para eliminar os fundamentos de nossa. Permitiremos que isso seja feito, irmãos? Review and Herald, vol. 19 de novembro de 1903.

Acaso nossa professa liderança adventista do sétimo dia permitiu que essa apostasia tivesse início? Declara ela:

"A minha mente está triste além de descrição porque o inimigo obteve vitórias sobre as mentes e corações e vontade daqueles a quem o Senhor tem estado admoestando, dizendo: 'Este é o caminho, andai por ele'. Deus tem-nos estado advertindo por anos, mas eles não querem receber Suas palavras e nem as atendem; eles não querem tornar suas obras perfeitas perante Ele. . . . Determinaram-se seguir sua própria vontade e caminho, e têm sido conduzidos pelo inimigo de toda justiça. . . . Ele tem cegado a visão espiritual, e imaginações enganosas e artificiosas estão tomando o lugar da palavra da vida e da verdade20. Alguns em elevada posição de responsabilidade estão sustentando o erro, em lugar da verdade. Satanás torna os seus enganos por demais atraentes, revestindo o erro com as vestes da verdade, de modo a que pareça a coisa mais desejável a se possuir.

"Satanás continuará a introduzir suas errôneas teorias e a reivindicar que os seus sentimentos são verazes. Espíritos sedutores estão em operação. . . . Deus tem poupado a minha vida para que eu possa apresentar os testemunhos que me são dados, para vindicar aquilo que Deus vindica21, e denunciar todo vestígio de sofisma satânico. Uma coisa seguir-se-á a outra em sofismas espirituais para enganar, se possível, os próprios escolhidos22". Special Testimonies, Serie B, # 7, pp. 5-6; 27 de novembro de 1903.

Deus é muito misericordioso ao dar ao Seu povo uma perspectiva do futuro. O curso de ação de nossos professos líderes adventistas do sétimo dia, que dão atenção a espíritos sedutores e doutrinas de demônios, tem sido tornado óbvio para que todos possam perceber.

Deus seja louvado de que o Seu povo escolhido não deve ser enganado por seus professos líderes adventistas do Sétimo Dia nesta apostasia. Não devemos dar ouvidos nem obedecer a esses líderes que estão lançando por terra os fundamentos de Deus--as verdades da Palavra de Deus. Por favor, relede Primeiros Escritos, pp. 124-125.

Irá a nossa professa liderança Adventista do Sétimo Dia continuar a aceitar teorias falsas e erros até que apostatem completamente da verdade de Deus?

1904 Ela adverte: "Há alguns que no passado tiveram uma correta experiência, mas que mudaram de líderes. Não todos, mas muitos foram seduzidos. . . . Aqueles líderes e professores que recusam seguir a Cristo colocam-se sob a guia dos anjos maus. Alguns o tem feito, e outros, com severa punição da parte de Deus, nunca quebrarão o feitiço que está sobre eles23.

"Se, após os homens em posições de responsabilidade terem sido advertidos e reprovados pelo Senhor, continuarem a seguir seus próprios caminhos, a aflição lhes sobrevirá. Deus os castiga, dando-lhes oportunidade após oportunidade de se arrependerem. Se recusam arrepender-se, e estão determinados a ouvir os sofismas do inimigo, são deixados a seguir seu próprio curso de ação, e certamente irão perecer em seus pecados; pois Deus não será objeto de zombaria. Luz e evidência suficiente serão concedidas a cada alma. Se os homens forem vencidos pelo inimigo, há de ser porque endureceram os seus corações, recusando ouvir a voz de Deus".

". . . representações de coisas existentes no tempo presente têm passado diante de mim. Tenho visto a homens que foram colocados em posições de confiança como atalaias, moldando e ajustando a Obra em nossas conferências e instituições de acordo com a política mundana24, a qual Deus condena" Special Testimonies, Serie B, 2, pp. 19-20, 24. (Junho de 1904).

Um mês depois ela declarou:

"Em toda era a verdadeira igreja de Deus tem-se engajado em decidida guerra contra as agências satânicas. Até que a controvérsia se conclua, a luta prosseguirá entre os anjos maus e os homens ímpios por um lado, e os santos anjos e os verdadeiros crentes, do outro.

"Não há, e não pode haver, uma inimizade natural entre os anjos caídos e os homens caídos. Ambos são maus. Mediante a apostasia, ambos acariciam maus sentimentos. Os anjos maus e os homens ímpios estão aliados numa desesperada confederação contra o bem.

"Aqueles que são verdadeiramente fiéis revelarão que sua mente e coração estão inteiramente com o Senhor Jesus. Eles discernirão os malignos sentimentos de Satanás, e recusarão endossar as ações que Deus condena.

"Satanás empregará toda vantagem que possa obter para levar almas a se tornarem anuviadas e perplexas com respeito à obra da igreja, com respeito à Palavra de Deus, e com respeito às palavras de advertência que têm sido dadas mediante os testemunhos de Seu Espírito25 para guardar o Seu pequeno rebanho das sutilezas do inimigo26".

"Quando os homens se levantam em desafio ao conselho de Deus, estão guerreando contra Deus. É certo para aqueles ligados com tais tratá-los como se estivessem em perfeita harmonia com eles, não fazendo qualquer diferença entre o que serve a Deus e o que não O serve? Conquanto sejam ministros ou médicos missionários, eles têm desonrado a Cristo perante as forças dos leais e desleais. Aberta repreensão se faz necessária para impedir que outros sejam enredados.

"Crer que o mal não deve ser condenado porque condenaria os que praticam o mal, é agir em favor da falsidade. . . . Agora deveria ser claramente compreendido que não estamos realmente ajudando os que estão determinados a praticar o mal, quando lhes mostramos respeito, e mantemos27 nossas palavras de reprovação àqueles com quem o desafeto está em inimizade. Um grave erro tem sido cometido e está sendo cometido a respeito deste assunto. . . . Aqueles que se sentem tão em paz com respeito às obras dos homens que estão perturbando a fé do povo de Deus, são guiados por um sentimento enganoso.

"Os que são iluminados pelo poder do Espírito de Deus devem lutar com todo poder de seu ser para arrancar a presa das influências sedutoras de homens que recusam obedecer a Palavra de Deus, estejam eles em altas ou baixas posições. A propriedade de Cristo não deve ser passada do Seu controle ao controle dos filhos das trevas. Special Testimonies, Série B, # 2, p. 15.2 (24 de julho de 1904).

O verdadeiro povo Adventista do Sétimo Dia agora tem o seu curso de ação determinado a eles. Declara ela:

"A minha mensagem a vós é: Não mais consenti em ouvir sem protesto a perversão da verdade. Desmascarai os sofismas pretensiosos. . ." Special Testimonies, Série B, # 2, p. 15.2. (24 de julho de 1904).

Ela havia advertido anteriormente que Satanás, mediante seus agentes, poria tudo em operação para desarraigar a confiança dos crentes nas verdades de Deus--os pilares de nossa fé. Isso agora começou a ocorrer com vigor!

1905 Ela agora adverte o nosso povo de seu perigo:

"Muitos nunca, nunca terão a vida eterna a menos que vejam a influência pecaminosa de seu curso de ação, e reconheçam quão grandemente têm desonrado a Deus. Não são servos de Cristo, porque não realizam as Suas obras. O Senhor declara: 'Proclamai a Minha mensagem; dizei àqueles que têm professado ser seguidores de Jesus, mas que têm desonrado a sua profissão por prepararem falsas veredas para os seus pés e os pés dos outros. Arrependei-vos; por causa de vossas almas, arrependei-vos e convertei-vos. . . . Muitos tornaram-se corruptos na fé, corruptos em princípio. Muitos têm desonrado a Deus, e venderam-se ao pecado, e em palavra e atos têm ajudado outros a seguirem pelos estranhos caminhos que escolheram, até que não saibam o que é a religião pura28. Eles têm sacrificado a fé por favores mundanos, e estão levedados com aquilo que é oposto à justiça. Primeiramente sentiram alguma compulsão de consciência29, mas recusaram recuar, e agora a dureza de coração os está preparando para a inescapável apostasia, e os juízos de Deus30. Têm rejeitado os apelos de Seu Salvador, abusado de Sua misericórdia, Suas provisões de amor redentor, concedidas ao preço de infinito sacrifício, rejeitadas.

"Tem havido muitos traidores disfarçados no acampamento, e Cristo conhece a cada um deles. Deus tem sido desonrado por súditos desleais que, caso Cristo estivesse hoje na terra em forma humana, bradariam: 'Crucifica-O, crucifica-O'. "Homens que poderiam ter permanecido na clara luz, realizando corajoso serviço como ministros do evangelho e médicos missionários, têm estado aceitando falsas teorias e sofismas; que se originaram com o pai das mentiras, todavia eles não reconhecem que mudaram.

"Deus apela a quantos aceitaram esses enganos destruidores da alma a não mais hesitarem entre duas opiniões. Se o Senhor é Deus, segui-O.

"Satanás, com toda a sua hoste está no campo de batalha. Os soldados de Cristo agora devem reunir-se em torno da bandeira ensangüentada de Emanuel. No nome do Senhor, deixai a bandeira negra do príncipe das trevas, e tomai vossa posição com o Príncipe do Céu. . . . Está próximo o tempo quando os poderes enganadores das agências satânicas se desenvolverão plenamente. Special Testimonies, Série B, # 7, pp. 13-16 (20 de novembro de 1905).

Ela disse que aqueles que professam servir a Deus tornaram-se corrompidos e levaram outros pelo mesmo caminho. Sua recusa em arrepender-se os está levando diretamente à apostasia sem esperança! Se Cristo estivesse aqui hoje, eles bradariam: "Crucifica-O, crucifica-O".

Há traidores disfarçados em nossas igrejas Adventista do Sétimo Dia, e Deus apela para não mais mornidão, não mais Laodicéia! Ou vos reunis sob a bandeira de Cristo, ou apostatai sob a bandeira de Satanás.

Em breve as agências de Satanás, com o seu poder, estarão plenamente desenvolvidas. Então erros e enganos serão instados sobre o nosso povo com vigor. Em vista de tudo isso, como pode o verdadeiro povo Adventista do Sétimo Dia permanecer em meio a essa corrupção que se está introduzindo em nossas professas igrejas adventista do sétimo dia, e ainda não serem afetados por ela? Certamente tem Deus uma mensagem para o Seu verdadeiro povo? Sim, Ele tem! Declara ela:

"Eu lamento muito que homens sensatos não discernem o caminho da serpente. Eu assim o chamo porque o Senhor assim o pronuncia. Onde estão aqueles que são designados como deixando a fé e dando atenção a espíritos sedutores e doutrinas de demônios, afastando-se da fé que tinham mantido por sagrada durante os passados cinquenta anos?

"Cristo apela: Saí do meio deles, e separai-vos.

"Eu escrevo isto porque a qualquer momento a minha vida pode findar31. A menos que haja um rompimento da influência que Satanás tem preparado, e um reavivamento dos testemunhos que Deus tem dado, almas perecerão em seu engano. Eles aceitarão falácia após falácia, e assim manterão uma desunião que sempre existirá até que aqueles que foram enganados tomem posição na plataforma certa.

"O capítulo cinquenta e oito de Isaías contém instrução: 'Clama em alta voz, não te detenhas, levanta a tua voz como a trombeta e anuncia ao Meu povo a sua transgressão, e à casa de Jacó os seus pecados'.

"Estou agora dando a mensagem que Deus me deu, para todos que reivindicam crer na verdade": 'Saí do meio deles, e separai-vos', senão os seus pecados em justificar o erro e formular enganos prosseguirão a ser a ruína de almas. Não podemos permitir-nos estar do lado errado". Special Testimonies, Série B, pp. 61-61 (Novembro de 1905).

 

Deus em Sua grande misericórdia, enviou esta mensagem a Seu verdadeiro povo adventista do sétimo dia. Eles devem sair e separar-se daqueles professos líderes e igrejas adventistas do sétimo dia que dão atenção a espíritos sedutores e doutrinas de demônios. Essa desunião prosseguirá até que nossos líderes parem de ensinar o erro e aceitem a verdade.

Uma vez que o verdadeiro povo adventista do sétimo dia é chamado a retirar-se, e deve separar-se de seus professos, mas falsos, líderes e igrejas, isso significa que há dois grupos de adventistas do sétimo dia. Um grupo constitui o verdadeiro povo adventista do sétimo dia de Deus e o outro grupo professa sê-lo. Declara ela:

"Aqui estão claramente representados dois partidos distintos, formados de uma companhia que outrora foi unida. Os membros de um desses partidos estão em resistência à vontade de Deus. Eles se posicionaram ao lado dos leais e verdadeiros e agora estão resistindo às advertências do Espírito de Deus. . . . A ruína desta classe é certa". Review and Herald, vol. 5, p. 341.6.

Ela havia advertido anteriormente, em 1889:

"Deus despertará o Seu povo; se outros meios falharem, heresias surgirão entre eles, que os peneirará, separando o joio do trigo".

O verdadeiro povo adventista do sétimo dia de Deus deve separar-se de suas professas igrejas adventista do sétimo dia que estão ensinando erros e falsidades! Deus nos livre que toda a professa estrutura adventista do sétimo dia, sua liderança e igrejas, apostatem da verdade de Deus para seguirem o erro e as falsas doutrinas. Está crescendo essa apostasia? Declara ela:

"Uma coisa é certa que em breve se realizará a grande apostasia, que se está desenvolvendo e aumentando mais e mais, e continuará a fazê-lo até que o Senhor desça do Céu com um clamor. Devemos manter firmes os princípios de nossa fé, e seguir adiante de força e crescente fé. Devemos sempre manter a fé que tem sido substanciada pelo Espírito Santo de Deus desde os acontecimentos anteriores de nossa experiência até o tempo presente.

"Nenhuma palavra é alterada ou negada. Aquilo que o Espírito Santo testificou como verdade após a passagem do tempo, em nosso grande desapontamento, é o sólido fundamento da verdade. Os pilares da verdade foram revelados, e nós aceitamos os princípios fundamentais, observando os mandamentos de Deus e tendo a fé de Jesus". Special Testimonies, Série B, # 7, pp. 56-57, (4 de dezembro de 1905).

Ela agora coloca tudo em pratos limpos:

"O Senhor declara que a história passada se repetirá ao encerrarmos a Obra. Toda verdade que Ele tem dado nestes últimos dias deve ser proclamada ao mundo. Todo pilar que Ele estabeleceu deve ser fortalecido. Não podemos agora nos afastar dos fundamentos que Deus estabeleceu. Não podemos entrar agora em qualquer nova organização; pois significaria apostasia da verdade. Manuscrito 129, 1905. Mensagens Escolhidas, Livro 2, p. 390.3.

Continuará nossa professa liderança adventista do sétimo dia a seguir esse curso satânico, mudando nossos verdadeiros pilares em falsos? Acatará espíritos sedutores e doutrinas de demônios, apostatando da verdade divina? Se a apostasia tiver lugar, e se afastarem de nossa verdadeira fé adventista do sétimo dia, então nossas posições estabelecidas, fundamentos e pilares serão postos sob o ataque por nossa professa liderança adventista do sétimo Dia. Os líderes tentarão mudá-los em falsidades e erros, e enganar o nosso povo.

1906 Declara ela: "Ezequiel 24:6-14. Sou instruída a apresentar estas palavras perante aqueles que têm tido a luz e a evidência, mas que têm caminhado diretamente contrário à luz. O Senhor punirá aqueles que não receberão Suas admoestações e advertências, não importa quão vasto tenha sido o erro. Os propósitos daqueles que têm tentado acobertar o seu erro, enquanto secretamente trabalham contra os propósitos de Deus, serão plenamente revelados. A verdade será vindicada. A vontade de Deus torna manifesto que Ele é Deus.

"Há um espírito de impiedade em ação na igreja, que está lutando em toda ocasião para tornar nula a lei de Deus, enquanto o Senhor pode não punir com a morte, aqueles que têm levado a sua rebelião a tão grande extensão, a luz nunca brilhará novamente com tal poder convincente sobre os teimosos opositores da verdade. Evidência suficiente é dada a cada alma quanto ao que é verdade e o que é erro, mas o poder enganador do mal sobre alguns é tão grande, que não receberão a evidência e a ela reagirão com arrependimento. Uma longa, contínua resistência à verdade endurecerá o coração mais impressionável.

"Aqueles que rejeitam o Espírito da verdade colocam-se sob o controle de um espírito que é oposto à palavra e obra de Deus. Por um tempo eles podem continuar a ensinar algumas fases da verdade, mas a sua recusa em aceitar toda a luz que Deus envia irá, após um tempo, colocá-los onde eles realizarão a obra de um falso atalaia". Sobre as Visões de Ezequiel, 4 de julho de 1906. (Ver também a Paulson Coll., pp. 59-60).

Acaso a nossa professa liderança adventista do sétimo dia aceita doutrinas dos demônios? Apostataram da verdade de Deus?

1907 Diz ela: "A evidência que tivemos nos últimos cinquenta anos da presença do Espírito de Deus conosco como um povo, superará o teste dos que estão agora se unindo contra a mensagem de Deus". Letter 356, 24 de outubro de 1907. Mensagens Escolhidas, Livro 2, p. 397.2.

Ela agora põe tudo às claras:

"'Agora o Espírito diz expressamente que nos últimos dias alguns se desviarão da fé, dando ouvidos a espíritos sedutores e doutrinas de demônios'. O tempo dessa apostasia está aqui. Todo esforço concebível será feito para lançar dúvida sobre as posições que temos ocupado durante meio século". Letter 410, 1907. Mensagens Escolhidas, Livro 3, p. 408.7

Lamentavelmente, nossa professa liderança adventista do sétimo dia aceitou os espíritos sedutores e as doutrinas de demônios e agora toda a nossa estrutura eclesiástica, instituições, e igrejas, estão sendo afetadas. Por favor, relede a profecia que ela fez em 1875, a qual se ajusta perfeitamente!

Uma vez que nossa professa igreja e sua liderança apostataram, isso significa que não mais são mornos. Eles não mais estão bem no meio, mas se entregaram inteiramente a Satanás. Assim, a mensagem laodiceana não se aplica à professa estrutura adventista do sétimo dia, suas organizações, instituições, ou igrejas mais! Porque estão apostatadas!

Sua última mensagem que a igreja era Laodicéia foi em 190532. Também nesse ano ela declarou que se a igreja se afastasse dos fundamentos estabelecidos por Deus, por rejeitar Sua verdade e aceitar falsas teorias, se tornaria um apóstata. E isto a nossa professa Igreja Adventista do Sétimo Dia fez em 1907.

A mensagem laodiceana ainda se aplica a nosso povo adventista do sétimo dia que permanece morno e ainda não entrou em apostasia. Todos devem em breve tomar a decisão, seja por Deus ou por Satanás.

Por que a nossa professa liderança dá atenção ao espírito sedutor de Satanás e aceita as suas falsas doutrinas? Declara ela:

"Não tendo recebido o amor da verdade, eles serão dominados pelas seduções do inimigo; acatarão aos espíritos sedutores e doutrinas de demônios e se afastarão da fé". Testimonies, vol. 6, p. 401.1.

Já que a apostasia agora se deu no seio de nossas professas igrejas adventistas do sétimo dia, suas advertências se tornam extremamente agudas.

1908 Ela adverte: "Satanás está agora mais ansiosamente engajado em jogar o jogo da vida pelas almas do que em qualquer tempo anterior; e a menos que estejamos constantemente em guarda, ele estabelecerá em nossos corações, orgulho, amor do eu, amor do mundo, e muitos outros maus traços. Empregará todo artifício para desestabilizar a nossa fé em Deus e nas verdades de Sua palavra. Se não tivermos uma profunda experiência nas coisas de Deus, se nos faltar um conhecimento integral de Sua palavra, seremos seduzidos e levados à ruína pelos erros e sofismas do inimigo33. Falsas doutrinas minarão os fundamentos de muitos, porque não aprenderam a discernir a verdade do erro. Nossa única salvaguarda contra os ardis de Satanás é estudar as Escrituras diligentemente, ter entendimento das razões de nossa fé, e fielmente pôr em prática todo dever conhecido. A indulgência de um pecado conhecido causará fraqueza e trevas, e nos sujeitará a terríveis tentações". Review and Herald, vol. 19 de novembro de 1908.

1909 Ela declara: "O Senhor tem dado instrução de que a história da apostasia de Israel deve ser agora apresentada, porque os homens que no passado tiveram grande luz, tornaram-se auto-suficientes, e estão olhando para os homens, confiando em líderes humanos, que estão eles próprios praticando o mal. Homens que deveriam permanecer tão firmes quanto uma rocha ao princípio estão trilhando o mesmo caminho que os espíritos engana­dores e doutrinas de demônios'. Este é o engano que veio às nossas fileiras.

"Muito tempo e trabalho e ansiedade são requeridos para contrafazer a engenhosidade das agência satânicas que estão forçando o seu caminho entre aqueles que estão prontos para aceitar a filosofia errônea, provocar confusão e divisão. Todo fragmento de influência é necessário para discernir os grandes males dos enganos de Satanás, e para guardar as almas de serem atraídas para dentro da rede. . .

"O Senhor vê o que está no coração dos homens. Às vezes Ele permite que males tenham lugar para que possa impedir males ainda maiores que apareceriam, a menos que Ele permitisse que os ocultos desígnios dos corações humanos funcionassem". Review and Herald, vol. 4 de fevereiro de 1909.

Sendo que a nossa professa liderança adventista do sétimo dia escolheu a apostasia em vez do arrependimento, como farão com que os seus obreiros se conformem com os seus ímpios planos? Certamente todos os obreiros não podem ser apóstatas juntamente com a estrutura. Declara ela:

"Deus tem-me revelado muitas coisas que me ordenou transmitir ao Seu povo por pena e voz.

"Uma coisa estranha tem vindo a nossas igrejas. Homens que estão situados em posições de responsabilidade para que possam ser sábios auxiliares de seus obreiros associados chegaram a supor que estavam instalados como reis e governantes nas igrejas, para dizer a um irmão: Faze isto; a outro, faze aquilo, e a outro mais, assegura-te de trabalhar de tal e tal maneira34. Tem havido lugares onde os obreiros têm sido instruídos de que se não seguissem a instrução desses homens de responsabilidade, o seu salário da associação seria retido.

"Por anos tem havido uma crescente tendência de homens se porem em postos de responsabilidade para reinarem sobre a herança de Deus, assim tirando dos membros da igreja seu agudo senso da necessidade de instrução divina e uma apreciação do privilégio de aconselhar-se com Deus com respeito ao seu dever. Esta situação precisa ser mudada.

"Aos presidentes de associação, e homens em postos de responsabilidade, eu sou portadora desta mensagem: Rompei os laços e algemas35 colocadas sobre o povo de Deus. A ti são pronunciadas as palavras: 'Rompei todo jugo'". Testemunhos Para Ministros, p. 477-481 (1909).

Nossa Associação Geral e seus líderes puseram a Deus de lado para seguirem os ardis e caminhos de Satanás. Eles não se arrependeram, mas estavam ainda moldando a obra segundo sua própria iníqua imaginação, iniciada em Mineápolis, por ocasião da sessão da Associação Geral de 1888. Rejeitaram a Deus e a Sua verdade então, e ainda O estão rejeitando agora, 21 anos mais tarde!

Em 1888, nossa Associação Geral e seus professos líderes adventistas do sétimo dia REJEITARAM A CHUVA SERÔDIA. Desde 1888, eles têm continuado a rejeitar a Deus e Suas advertências, unidos à política e ao papado. (1899). Unidos com o mundo (1900). REJEITARAM A CHUVA SERÔDIA A SEGUNDA VEZ! (1901). Denunciados por Deus como Babilônia (1903). E tendo apostatado da verdadeira fé adventista do sétimo dia (1907).

Uma vez que a apostasia teve lugar, e continuará a crescer, devemos agora ser capazes de ver a série de apostasias tendo lugar em nossas professas igrejas adventistas do sétimo dia e seus ensinos.

Notas de Rodapé

#1: "Os homens que há muitos têm mantido posições de confiança, enquanto desrespeitam a luz que Deus tem dado, não são dignos de confiança. Deus os adverte a serem removidos". Boletim da Associação Geral, pp. 25-26 (1901).

#2: "Não há maior evidência de que os que receberam grande luz não apreciam essa luz que lhes é dada do que a recusa deles em deixar sua luz brilhar sobre os que se acham em trevas, e dedicar seu tempo e energias à celebração de formas e cerimônias. Pensamentos de obra interior, a necessária pureza de coração, não são acatados. A ausência de harmonia com Deus se torna evidente. A luz é amortecida e se apaga; o castiçal é removido. Há muito exercer de autoridade criada pelo homem por aqueles a quem Deus não deu a Sua sabedoria porque não sentiram a necessidade de sabedoria do alto. Review and Herald, vol. 3, p. 273.4.

#3: "Quando alcançarmos o padrão que o Senhor gostaria que alcançássemos, os mundanos considerarão os adventistas do sétimo dia como esquisitos, singulares, extremistas e bitolados. Review and Herald, vol. 3, p. 112.2.

#4: "Homens desejarão seguir seu próprio juízo independente, desprezando o conselho e a repreensão; mas tão seguramente quanto o fazem, se apartarão da fé, e o desastre e a ruína das almas se seguirão". Letter 104 (1894). Mensagens Escolhidas, Livro 3, p. 23.7.

#5: "Todos quantos ocupam posições em nossas instituições serão provados. Se eles fizerem de Cristo o seu padrão, Ele lhes dará sabedoria, conhecimento e entendimento. . . . Se deixarem de observar o caminho do Senhor, outro espírito controlará a mente e o julgamento. . . . Eles serão um impedimento e um ardil. É chegado o tempo em que tudo que tiver que ser abalado o será, e aquelas coisas que não podem ser abaladas podem permanecer. Todo caso está sendo passado em revista perante Deus; Ele está medindo o templo dos adoradores ali". Testimonies, vol. 7, p. 219.4.

"Chegou o tempo em que Jerusalém está sendo pesquisada como se com velas acesas. Deus está em ação investigando o caráter, pesando o valor moral, e pronunciando decisões sobre casos individuais. Poderá não ser demasiado tarde para aqueles que têm pecado serem zelosos e se arrependerem. . ." Testemunhos Para Ministros, p. 448.6.

#6: ". . . treinados para pensar que eles não devem dar expressão a sentimentos que difiram daqueles de seu chefe. Oh, se eles tivessem rompido o jugo! Oh, se tivessem chamado o pecado pelo seu nome exato! Então eles não seriam considerados nas cortes celestiais como homens que, conquanto levando pesadas responsabilidades, deixaram de falar a verdade em reprovação daquilo que tem sido feito em desobediência da palavra de Deus. . . . Eles têm visto transações erradas e ouvido palavras erradas sendo proferidas, e têm visto princípios errados sendo seguidos, e não têm falado em reprovação, por temor de que seriam repelidos.

"Apelo àqueles que têm estado ligados com essas influências forçosas que rompam o jugo a que há muito estiveram submetidos, e permaneçam como homens livres em Cristo. Nada a não ser um determinado esforço romperá o encantamento que está sobre eles. . . . Mas o Senhor quebrará o encantamento que paira sobre esses homens se eles permitirem que o jugo que lhes foi imposto seja rompido". Special Testimonies, Série B, # 2, pp. 14-15,43.

#7: "Satanás e seus anjos aparecerão sobre a Terra como homens, e se misturarão com aqueles sobre quem a Palavra de Deus declara: 'Alguns se desviarão da fé dando ouvidos a espíritos sedutores, e doutrinas de demônios'". Mensagens Escolhidas, Livro 3, p. 409.5.

#8: "Aqueles que são controlados por política, e não por princípio, não são dignos de confiança. Eles perverterão a verdade, ocultarão os fatos, e construirão as palavras de outros para terem um sentido que jamais foi intencionado. Empregarão palavras lisonjeiras, enquanto o veneno das áspides está sob a sua língua. Aquele que não busca zelosamente a guia divina será enganado por suas palavras suaves e planos artificiosos. S.D.A. Bible Commentary, vol. 2, p. 1005.2.

#9: "Vi que se a falsa capa houvesse sido rasgada dos membros das igrejas, teria sido revelada tal iniquidade, vileza, e corrupção que o mais tímido filho de Deus não hesitaria em chamar esses professos cristãos por seu nome certo, filhos de seu pai, o diabo; pois as obras dele foi o que fizeram". Primeiros Escritos, p. 228.7.

#10: ". . . Babilônia é representada como uma mulher, uma figura utilizada nas Escrituras como símbolo de uma igreja. Uma mulher virtuosa representa uma igreja pura, uma mulher vil representa uma igreja apóstata. Babilônia é declarada como sendo uma prostituta. . . Spirit of Prophecy, vol. 4, p. 233.4.

#11: Ver Testemunhos Seletos, vol. 2, p. 362.6.

#12: "Há somente uma igreja no mundo que no tempo presente está tapando a brecha, e provendo uma barreira de proteção. . . Testemunhos Para Ministros, p. 50.7. (1893).

NOTA: Ela prossegue dizendo que essa igreja não deve ser chamada de Babilônia. Ela própria deixou margem a que a professa Igreja Adventista do Sétimo Dia se tornasse Babilônia, em data posterior, ou disse ela "no tempo presente" a igreja não constitui Babilônia?

#13: "O inimigo busca desviar as mentes de nossos irmãos e irmãs da obra de preparação de um povo para permanecer firme nestes últimos dias. Seus sofismas destinam-se a levar mentes para longe dos perigos e deveres deste tempo. Eles têm como nada a luz de que Cristo veio do Céu para dar a João para o Seu povo. Eles ensinam que as cenas bem diante de nós não são de importância suficiente para merecer nossa especial atenção. Tornam sem efeito a verdade de origem celeste e destituem o povo de Deus de sua experiência passada, dando-lhe, em vez disso, uma falsa ciência". Testimonies, vol. 8, p. 296.6.

#14: "Balaão sabia que a prosperidade de Israel dependia da obediência deles a Deus, e que não havia meio de provocar sua derrocada por seduzi-los ao pecado. . . . O plano proposto por Balaão era separá-los de Deus induzindo-os à idolatria. Se eles pudessem ser levados a empenhar-se no culto licencioso a Baal . . . o seu Onipotente protetor se tornaria o seu inimigo. . . . Balaão testemunhou o sucesso de sua diabólica artimanha. Ele viu a maldição de Deus visitada sobre o Seu povo, e milhares caindo sob os Seus juízos. . ." Patriarcas e Profetas, p. 451.5.

#15: "Mas aqueles que buscam operar uma reforma sem a ajuda do poder revificador do Espírito Santo, se acharão à deriva" Special Testimonies, Série B, # 7, p. 42.4 (outubro de 1903).

#16: "A passagem do tempo em 1844 foi um período de grandes eventos, abrindo diante de nossos atônitos olhos a purificação do santuário que se deu no Céu, e tendo decidida relação com o povo de Deus na Terra,@ as primeira e segunda mensagens angélicas, e a terceira, desfraldando a bandeira em que estava inscrito: 'Os mandamentos de Deus e a fé de Jesus'. Um dos marcos básicos sob esta mensagem era o templo de Deus, visto por Seu povo amante da verdade no Céu, e a arca contendo a lei de Deus. A luz do sábado do quarto mandamento brilhou com fortes raios no caminho dos transgressores da lei de Deus. A não imortalidade dos ímpios é um velho marco. Nada mais posso trazer à memória que caia sob a categoria de velhos marcos. Counsels to Writers and Editors, pp. 30-31.

#17: "Minha mensagem para vós é: Não mais consintais em ouvir sem protesto a perversão da verdade. Desmascarai os sofismas pretensiosos. . ." Special Testimonies, Série B, # 2, p. 15.2

#18: "Que ninguém busque derrubar os fundamentos de nossa fé, fundamentos que foram estabelecidos no princípio de nossa obra mediante estudo da Palavra com oração e por revelação. Sobre esses fundamentos temos estado edificando pelos últimos cinquenta anos. Os homens podem supor que encontraram uma nova maneira de lançar um fundamento mais forte do que esse que foi lançado. Outro fundamento nenhum homem pode lançar além do que foi lançado". Testimonies, vol. 8, p. 297.1.

#19: "O Senhor ordena a Seu povo: 'Repreendereis ao vosso próximo, e não permitais que o pecado recaia sobre ele'. Aqui o fiel trato com os pecados daqueles que reivindicam ser filhos de Deus é recomendado. Sejam eles homens na mais humilde condição, ou homens com atribuição de autoridade e responsabilidade, nenhuma parcialidade deve ser mostrada àqueles que estão no erro, nenhuma hipocrisia deve ser praticada no trato com eles. Se a posição de um homem envolve interesses sagrados, os atalaias de Deus devem ser ainda mais zelosos e fiéis ao lidar com ele. Nenhum princípio mau passará sem ser alvo de correção. Se aqueles que estão no erro recusarem arrepender-se, e corrigir os seus erros, que sejam separados da Obra do Senhor; pois os princípios corruptores do mal fermentarão todos com quem estão ligados". Review and Herald, vol. 3, p. 417.7.

#20: "As mentes de muitos a quem suporíamos naturalmente que veriam as coisas com clareza estão cegadas como se com um enfeitiçado sofisma de erro. . . . Não há segurança em sua presente experiência". Special Testimonies, Série B, # 7, p. 6.1 (27 de novembro de 1903).

#21: "Nosso único curso de ação seguro é condenar o que Deus condena, e acatar o que Ele aprecia". Signs of the Times, vol. 1, p. 209.7.

#22: "A experiência passada será repetida. No futuro, as superstições de Satanás assumirão novas formas. Erros serão apresentados de modo agradável e lisonjeiro. Falsas teorias, revestidas com roupagens de luz, serão apresentadas ao povo de Deus. Assim Satanás tentará enganar, se possível, os próprios eleitos. Influências por demais sedutoras serão exercidas, mentes serão hipnotizadas". Testimonies, vol. 8, p. 293.8.

#23: "Muitos que professam serem ministros de Cristo têm confundido o seu Mestre. Eles alegam estar servindo a Cristo e não estão conscientes de que é sob a bandeira de Satanás que estão se reunindo. Podem ter uma inclinação mundana e serem ansiosos por luta e vanglória, exibindo a aparência de realizarem uma grande obra; mas Deus não tem uso para eles". Testimonies, vol. 4, p. 377.6.

#24: "Há uma perspectiva diante de nós de contínua luta, sob risco de aprisionamento, perda de propriedade, e mesmo da própria vida, para defender a lei de Deus, que é tornada nula pelas leis dos homens. Nessa situação, a política mundana instar-nos-á a uma aceitação exterior das leis da terra, no interesse de paz e harmonia". Testimonies, vol. 5, p. 712.8.

#25: "O engano final de Satanás será tornar de nenhum efeito o testemunho do Espírito de Deus. 'Onde não há visão, o povo perece'. Satanás operará engenhosamente, em diferentes agências, para desestabilizar a confiança do povo remanescente de Deus no verdadeiro testemunho" Letter 12, 1890. Mensagens Escolhidas, Liv. 1, p. 48.7.

#26: "Homens podem levantar esquema após esquema, e o inimigo buscará seduzir almas da verdade, mas todos quantos crêem que o Senhor tem falado mediante a irmã White, e lhe concedeu uma mensagem, estarão seguros dos muitos enganos que sobrevirão nestes últimos dias". Mensagens Escolhidas, Livro 3, pp. 83-84.

"Mediante o Seu Espírito Santo, a voz de Deus tem vindo a nós continuamente em advertência e instrução, para confirmar a fé dos crentes no espírito de profecia. Repetidamente a palavra tem vindo: 'Escrevei as coisas que eu te dei para confirmar a fé de Meu povo na posição que eles têm tomado. Tempo e provação não têm anulado a instrução dada. . . . Aqueles que são indiferentes a esta luz e instrução não devem esperar escapar dos ardís que, segundo temos sido claramente advertidos, levará os rejeitadores da luz a tropeçarem e caírem, e serem enredados e dominados". Review and Herald, vol. 5, pp. 341-342.

#27: "Manter-se-ão em silêncio, os homens em nossas instituições, permitindo que falhas insidiosas sejam promulgadas, para arruinar as almas? Os sentimentos do inimigo estão sendo espalhados por toda parte. Sementes de discórdia, de descrença, de infidelidade, estão sendo vastamente semeadas. . . . é alto tempo para que nos revistamos de toda armadura de Deus, e trabalhemos diligentemente para impedir que Satanás consiga quaisquer vantagens adicionais. . . . Ação vigilante é requerida. A indiferença e a preguiça resultarão na perda da religião pessoal e do Céu". Special Testimonies, Série B, # 2, pp. 13-14 (24 de julho de 1904).

"Aqueles que se postam em defesa da honra de Deus e mantêm a pureza da verdade a todo custo passarão por múltiplas provas, como se deu com nosso Salvador no deserto da tentação. Enquanto aqueles que têm temperamento submisso, que não têm tido a coragem de condenar o erro, mas mantêm-se em silêncio quando a influência deles é necessária para posicionar-se em defesa do direito contra qualquer pressão, podem evitar muitas dores de cabeça e escaparão a muitas perplexidades, eles também perderão uma recompensa muito rica, se não suas próprias almas". Testimonies, vol. 3, p. 302.8.

"Não permitais que aqueles que não têm a verdade tal como é em Jesus sancionem, até mesmo por seu silêncio, a obra do mistério da iniquidade. Que nunca cessem de fazer soar a nota de alarme". Mensagens Escolhidas, Livro 2, p. 369.9.

"Nunca deveríamos dar sanção ao pecado por nossas palavras, ou nossos atos, nosso silêncio ou nossa presença". O Desejado de Todas as Nações, p. 152.6.

#28: "A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo". Tiago 1:27.

#29: "A consciência é a voz de Deus, ouvida em meio ao conflito das paixões humanas; quando é resistida, o Espírito de Deus é ofendido". Testimonies, vol. 5, p. 120.4.

#30: "O Senhor teve muita paciência com a perversidade de Israel, mas chegou o tempo quando as pessoas passaram dos limites, e tremenda punição sobreveio àqueles que, embora tendo grande luz, recusaram arrepender-se e ser convertidos, para que Cristo os pudesse curar". Special Testimonies, Série # 7, p. 18.5.

#31: "Minha mensagem se tornará mais e mais assinalada, como foi a mensagem de João Batista, mesmo que me custe a vida. O povo não será enganado". Special Testimonies, Série B, # 2, p. 22.7 (junho de 1904).

#32: "Aos ociosos na vinha do Senhor é enviada a mensagem de Laodicéia". Manuscrito 26, 1905. S.D.A. Bible Commentary, vol. 7, p. 961.5.

#33: "Toda posição de nossa fé será pesquisada, e se não formos estudantes criteriosos da Bíblia . . . . a sabedoria dos maiores homens do mundo será muito elevada para nós. Letter 12, 1886.

#34: "A igreja é edificada sobre Cristo como o seu fundamento; deve obedecer a Cristo como sua cabeça. Não deve depender do homem, ou ser controlado pelo homem. Muitos alegam que uma posição de confiança na igreja lhes dá autoridade para ditar o que outros homens devem crer e o que devem fazer. Essa reivindicação Deus não sanciona". O Desejado de Todas as Nações, p. 414.4.

#35: "Há aqueles que, conquanto se julgue que estão servindo a Deus, estão rapidamente se cingindo com a infidelidade. Para eles, caminhos tortuosos parecem retos; estão vivendo em contínua violação da verdade de Deus; princípios corruptos estão entrelaçados em sua vida prática, e onde quer que vão eles lançam sementes do mal. Em lugar de conduzir outros a Cristo, a influência deles os leva a questionarem e duvidarem. Eles desequilibram as mentes na verdade por se dedicarem a teorias especulativas que os desviam da verdade. Ajudam a forjar algemas de dúvida e descrença, achando falta e acusando; e almas tropeçam neles para a perdição. Testemunhos Para Ministros, p. 281.5.

 

HOME